Um  dia  destes  estava  a  ler  a  história  de  sucesso  da  McDonalds  e  reparei algo  inédito para mim: a grande empresa multinacional de franchising  de fast food de facto ganha mais dinheiro com imobiliário do que com hambúrgueres!

É  um  facto  curioso,  mas  verdadeiro.

Por  regra  a  empresa  é proprietária  do  edifício  ou  do  terreno  do  restaurante  e  o  franqueado paga renda. O que tem isto a ver com o nosso assunto? Nada, mas, como vou falar  um  pouco  do  exemplo  da  McDonalds,  achei  engraçado  contar  isto.

Vamos então pegar na Mcdonalds como exemplo da importância de ter um Ferrari.

A  McDonalds é  uma  das  franquias  mais caras do planeta. É natural, também é uma das  mais bem-sucedidas.

O  que  te  quero  fazer  notar  é  que não é por eles fazerem os melhores hambúrgueres do mundo,  nem por terem o melhor serviço de mesa nem mesmo as melhores localizações. Não.

A McDonals tem imenso sucesso porque transformou um modelo de negócio bem-sucedido num modelo duplicável através de um método.

Este  método é extremamente rigoroso e cobre todos os aspectos do negócio, desde a localização do restaurante, até à lotação, passando naturalmente pelos fornecedores, e formas de confecção da comida.

Todos os restaurantes fazem tudo precisamente da mesma forma.

Um big-mac em Lisboa  tem exactamente o mesmo sabor e os mesmos ingredientes de um Big Mac no Barein ou na Coreia ou nos Estados Unidos ou no Brasil.

Tu podias agora abrir um restaurante e vender hambúrgueres.

Podias mesmo investir forte na qualidade e fazer uns hambúrgueres muito melhores, melhores batatas, melhor ambiente, melhor decoração.

O facto é que nunca poderás comparar o teu sucesso com o McDonalds da esquina simplesmente porque o  dono desse restaurante comprou um negócio já eficiente e totalmente organizado e tu tens de correr todos os riscos  por  tua  conta.

Já deu para perceber a importância de um método que dê resultados previsíveis.

Uma  coisa  é  andar  a  fazer  tentativas,  a  gastar  tempo  e dinheiro durante meses ou anos à procura de uma solução,  outra é achar quem  tenha  essa  solução  e  simplesmente  comprar .

Há  pouco  verificaste  se  tinhas  ADN  de  Guru  e  chegaste  à  conclusão  que sim.

Evidentemente, pois ser um Guru não está nos genes. Também não está  na  inteligência  nem  nas  competências.

É  antes algo que pode ser conseguido por qualquer  pessoa desejosa de o fazer, desde que tenha um método.

O  tal  Ferrari.

É isso mesmo que tens à tua frente. O método, o Ferrari. Aproveita-o bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *