“Só se é curioso na proporção de quanto se é instruído.” – Jean-Jacques Rousseau

Alimenta a tua curiosidade.

Estuda muito para fazeres muitas perguntas, aprende mais para levantares mais questões. Esta é a única forma de fazer avançar o mundo e a tua vida pessoal.

Se tens um emprego pergunta-te se estarás no local certo ou se não poderias tentar uma posição melhor, não somente pela ambição, mas pelo gozo, pelo teste, pelo desafio, pela curiosidade. Quando deres contigo a dizer “ah, isso não é para mim” toma nota desse assunto e torna-te um dos melhores nesse campo, só para tirar teimas aprende e faz tão bem como os melhores.

  • Um exemplo: fala-se de desporto e tu respondes “isso?! eu não sou como as outras pessoas…. eu canso-me!”. Esta resposta revela um bom sentido de humor mas não te leva a lado nenhum. Escolhe um desporto improvável: tiro ao arco, ou karaté, ou ténis ou golfe e torna-te bom nele, pelo estudo e dedicação. Não precisas de ser um atleta olímpico, aprende e faz somente para expandires os teus horizontes.
  • Outro exemplo: fala-se muito de criar múltiplas fontes de rendimento. Os nossos pais é que tinham um emprego, hoje precisas de somar ao teu emprego algumas pequenas actividades de rendimento automático que venham completar o teu orçamento. Investiga este assunto só por curiosidade, faz as tuas opções e coloca mais umas centenas ou milhares de euros na tua conta mensalmente. Aprende e faz só para tirar teimas e ver onde podes chegar.
  • Mais um: tens alguns hábitos nefastos do tipo: tabaco, álcool, excesso de comida ou falta dela, demasiada televisão, pouca ou nenhuma leitura, procrastinação, etc. Tu sabes quais são os teus. Pega num deles, o que for para ti mais fácil, e trabalha na sua substituição por outro que seja positivo. Não é por nada de especial, aprende e faz somente “porque sim”, por curiosidade, para veres o resultado, como é que uma mudança de hábitos te modifica e interfere em todos os aspectos da tua vida.

Eu não sei o que pensas, mas para mim a curiosidade é a primeira responsável pelo teu crescimento. Puxa-te para o próximo nível porque começa no mesmo local onde começa a mudança.

Se “a curiosidade matou o gato”, pelo menos este não morreu de aborrecimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.