“Uma pessoa de sucessos vê uma oportunidade em cada calamidade. Uma pessoa de fracassos vê uma calamidade em cada oportunidade.”

Vou-te mostrar a etiqueta que trazem pendurada no cérebro todas as pessoas de fracassos ou de resultados medianos:

  • Dizem com frequência: “isso é muito bonito mas…” ou então “ah, mas…
  • Quando pensam no que gostariam de “ter”, “ser” ou “fazer”, lamentam-se por não o terem conseguido. Contudo, se lhes mostras uma oportunidade respondem com “isso é muito bonito mas…. eu não tenho tempo…. eu não tenho dinheiro…. eu não tenho jeito…”
  • Depois, se lhes mostrares e provares por A+B que não precisa assim de tanto tempo, nem de tanto dinheiro, nem de tanto jeito, aliás, o Manuel tinha menos dinheiro que tu, o João menos tempo, e a Maria menos jeito e lá vão, atrás da realização dos seus sonhos, elas respondem com o “ah, mas… o João é mais alto que eu, a Maria é mais bonita, o Manuel é mais educado”.

Nesta altura entendes que não importa o que tu possas dizer. Essa pessoa verá uma dificuldade em cada oportunidade. Terminará dizendo: “E se não funciona?“. Desiste antes de começar, mas continua a lamentar-se na primeira ocasião.

As pessoas de muito sucesso, seja em que área da vida for, têm uma atitude diametralmente oposta. Como é que os identificas?

  • Primeiro: Nunca se queixam.
  • Segundo: quando algo corre mal, dizem sempre que a culpa é deles e pedem desculpa.
  • Sempre que encontram uma dificuldade não descansam enquanto não a desmontam.
  • Quando vêem uma oportunidade pensam: “E se funcionar?”

Agora que já sabes identificar estes dois tipos de pessoas, vê com quem passas a maior parte do teu tempo porque isto do sucesso ou fracasso…. pega-se.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *