Vamos falar dos momentos difíceis, daqueles que pensamos que não vamos superar. Tiveste alguns? Estás agora mesmo a viver algum desses momentos?

Eu tive alguns. Alguns pela positiva e outros pela negativa.

Pela negativa, aqueles que passei e a minha família passou em que não víamos sequer a luz ao fundo do túnel, não sabemos o que vai acontecer, parece que não há soluções à vista para a nossa vida e para a da nossa família, mas todas essas coisas foram superadas.

Artigo Relacionado: Todos Temos uma História (Inspiração Episódio 1)

E também pela positiva: coisas que eu gostaria de fazer e que achava que eram completamente impossíveis. Quero falar um pouco sobre estas, as superações pela positiva porque as duas estão ligadas uma com a outra.

Clica no "Play" para veres o vídeo ou lê a transcrição.

Uma das minhas maiores realizações foi um dia ter decidido que queria ganhar 1000 dólares por dia (ou 1000 euros por dia) quando, nessa altura, eu não ganhava isso por mês.

Esta decisão foi muito interessante porque, imagina o que é uma pessoa decidir realizar algo de tão grande: ganhar num dia aquilo que ganhava num mês.

Artigo Relacionado: Imagina! Eu Queria Ganhar 6 Dígitos por Ano!

Eu tomei essa decisão por uma razão muito simples: eu precisava desse dinheiro, eu precisava ganha dinheiro, precisava encontrar soluções para a minha vida e para a vida da minha família.

Aprendi que, quando tens um sonho e um objetivo grande na vida (eu gosto de falar no sonho, porque um sonho é mais do que um objetivo), se ele não for irrealizável talvez não seja suficientemente grande: Se achares que está ao teu alcance se calhar não é suficientemente grande.

Porquê? Porque eu aprendi que os sonhos mais loucos podem ser realizados. Começamos a viver um processo, a partir do momento em que tomamos uma decisão desse tipo, e esse processo começa a transformar-nos naquela pessoa que realiza aquele objetivo.

Artigo Relacionado: Ter um Sonho Ridículo Faz Bem à Saúde

Para mim este foi um processo muito interessante.

Imagina o que é tomar esta decisão e ver à minha frente como seria a minha vida ganhando 1000 euros por dia, começar a visualizar isso à minha frente e a entender como é que isso iria alterar e melhorar a minha vida, a da minha família e as das pessoas à minha volta.

Imagina o que é começar a sentir um bocadinho o gosto do que poderia ser ter esse tipo de rendimentos e ganhar dinheiro dessa forma, começando na situação em que eu estava, em que não ganhava isso por mês e tinha montes de dívidas.

Mais impossível do que isso não me parece que fosse possível.

Porém um sonho impossível tem este efeito:

Artigo Relacionado: Acordar de Novo a Capacidade de Sonhar (Inspiração Episódio 2)

se tomares a decisão e disseres:

– Eu vou conseguir esse objetivo! Eu vou conseguir realizar isso, custe o que custar, demore o tempo que for preciso. Eu vou aprender o que tiver que aprender e que não souber, eu vou reunir os recursos que eu não tiver ainda e que tiver que reunir, eu vou conectar-me com as pessoas que tiver que conectar-me:

Eu não conhecia ninguém que ganhasse esse tipo de dinheiro.

Comecei a fazer tudo isso porque as minhas circunstâncias todas diziam o oposto. Diziam:

– Tu não tens forma nenhuma, tu não tens dinheiro para investir, não tens tempo para aprender coisas novas, precisas ganhar dinheiro “para ontem”, as pessoas que te poderiam ajudar não estão cá, não existem, não conheces ninguém que ganhe esse tipo de dinheiro…

Estas dificuldades todas poderiam ter-me impedido de tomar a decisão, mas não foi o que aconteceu: eu decidi.

Depois o que aconteceu foi que falhei.

Falhei.

Fiz um plano de 90 dias e falhei redondamente, não consegui nem de perto essa quantidade de dinheiro. Percebi que tinha de mudar algumas coisas.

Mudei-as, fiz um novo plano de 90 dias, mais 3 meses, e no meu segundo plano de 90 dias consegui: O que aconteceu neste processo é que, quando me dei conta, no meu 6º mês após a decisão, tinha ganho mais de 35 mil dólares.

Olhei para trás e pensei que, realmente, eu não era a mesma pessoa: Tinha-me transformado numa pessoa diferente, numa pessoa melhor.

Tinha aprendido muitas coisas no processo, tinha lutado contra todas as expetativas, tinha realizado coisas que eu pensava serem impossíveis de realizar, tinha atraído pessoas que eu não sabia ser possível para mim atrair, conheci e contactei com ideias e formatos de pensamento, com ferramentas e tecnologias que eu nem sequer sabia que existiam e, na verdade, transformei-me de uma pessoa que ganha 1000 euros por mês numa que ganha 1000 euros por dia.

Artigo Relacionado: A Mente Mente e os Pensamentos Não São Deus

Esse foi um processo de transformação. Não é que tenha ganho a lotaria: eu tive de me transformar, tive de aprender muitas coisas.

Como podes imaginar, quando chegas ao final de um processo como este, olhas para trás e vês tudo aquilo que passaste, vês as dificuldades todas que passaste no caminho: as pessoas a não acreditarem, dos desaires que foram muitos, dos fracassos que foram muitos, no meio do caminho, e também das soluções que foste encontrando ao longo do tempo.

Havia tudo o que poderia ter corrido mal. Tudo poderia ter corrido mal, mas de alguma forma as coisas foram-se encontrando, foram-se arranjando e foram-se proporcionando e, no meio de tudo o que poderia ter corrido mal, acabava por encontrar uma solução e conseguir atingir um resultado inacreditável.

Esta é a experiência de transformação e superação que quero partilhar contigo.

Resultados vêm sempre de uma superação pessoal e esta foi a minha: daí vieram muitas coisas:

– Aprendi que não há, realmente, impossíveis,
– Aprendi que os sonhos, se não forem ridiculamente elevados não servem de muito, porque não irão obrigar-te a transformares-te muito,
– E aprendi que o sucesso é um processo. O processo é a transformação que realizas.

Aprendi com Jim Rohn que:

“No final, vais conseguir os resultados, os objetivos, mas isso não é o importante. O importante é a pessoa na qual te transformaste no processo”.

Artigo Relacionado: As 11 Lições que Aprendi com Jim Rohn

Ouvi o Jim Rohn dizer isso há muitos anos atrás. Nunca tinha vivido esse processo eu próprio, mas agora já o vivi, e já o vivi várias vezes.

Vivi-o dessa vez, depois decidi criar o grupo da Tribo, esta comunidade, juntando pessoas de múltiplos negócios, de várias empresas e projetos de forma a podermos trabalhar todos em conjunto… também era uma coisa impossível (gosto das coisas impossíveis) e a verdade é que está feito e está a funcionar.

Criei o projeto do GAS (Grupo Ação Social) em que apoiamos instituições, de momento em África. Estivemos na Guiné e no Benim e agora estamos em Moçambique, já fizemos algumas coisas aqui em Portugal também.

E tudo isto eram coisas que pareciam impossíveis! Como iríamos nós conseguir mobilizar as pessoas para perseguirem um ideal tão elevado?

Adoro estas coisas boas que parecem impossíveis.

Artigo Relacionado: Como Fazer Impossíveis

No meio deste caminho, desta superação de que te falei houveram muitos fracassos. Eu fracasso muito. Muitas das coisas que faço não funcionam, porém esses são somente passos que é necessário serem dados no processo.

Antigamente o fracasso assustava-me muito mas hoje não, pelo contrário: abraço o fracasso, porque sei que o fracasso tem um papel importante no desenvolvimento das nossas coisas.

Este é o episódio de hoje, um pouco mais longo que o habitual, mas queria partilhar contigo a alegria da superação, garantir-te que, se tens sonhos elevados isso é fantástico.

Se achas que são pequenos ou que estão ao teu alcance, estica-os um pouco mais e coloca-os um pouco fora do teu alcance, pois esses são os sonhos que vale a pena perseguir, são os que te vão transformar numa pessoa melhor, capaz de realizar voos muito maiores e de realizar coisas muito maiores.

 

 

 


Gostaste deste artigo? Estes também te vão interessar!
>> Sonhar Alto Pode Ser Perigoso?
>> Como Tornar Sonhos em Realidade
>> Hoje é o Dia Agora é a Hora (Inspiração Episódio 3)
>> O Que Eu Aprendi Este Ano
>> O Sonho

3 thoughts on “Como Realizar Sonhos Impossíveis – História Verídica (Inspiração Episódio 9)”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *