“Devemos deixar-nos inspirar pelas pessoas que nos mostram que um ser humano pode ser amável, valente, generoso, lindo e forte mesmo nas circunstâncias mais difíceis.” – Rachel Corrie

A autora desta frase, americana, morreu aos vinte e três anos, em 2008, debaixo de uma bulldozer israelita cujo condutor não fez caso dela, deitada na estrada, tentando impedir a demolição de casas palestinianas.

Não te inspira a generosidade dela ao dar a vida por algo em que acreditava?

Quantas e quantas pessoas deram as suas vidas por uma ideia!

Não há nada tão poderoso quanto uma ideia cuja hora de realização acabou de chegar.

Achas que serias capaz de um tamanho acto de generosidade? Arriscar e eventualmente perder a tua vida para defender outras pessoas, ainda por cima desconhecidas?

Eu sei que sim. Ainda está por chegar o dia em que isso te será pedido pela tua consciência, mas se chegar a hora tu serás herói simplesmente porque és humano.

Contudo o dia chegou, e chegou hoje mesmo, em que és chamado a actos contínuos de generosidade contigo mesmo e com as pessoas que te cercam.

E isso é mais difícil porque não é dramático.

Fazer uma pequena escolha que vai melhorar a vida de um teu amigo, ou adquirir uma pequena disciplina que irá trazer mais abundância para ti e para quem te cerca, ou mais saúde, ou mais qualidade de vida, são acções pequenas demais para ecoarem no teu ego, nada têm de romântico nem de dramático, mas não são menos importantes que lançares-te de peito aberto às balas para defenderes uma família de desconhecidos indefesos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *