O que aconteceria se pagasses as contas com horas de vida em vez de ser com dinheiro? Isso mudaria a tua perceção do valor do tempo?

Artigo Relacionado: Ser Dono do Tempo

Neste video quero mostrar-te como valorizo o tempo. Não sou perfeito, mas penso que é possível que a minha visão do tempo e do que fazer com ele possa melhorar a tua vida ou ajudar-te a compreender melhor esta dádiva tão preciosa.

Como valorizas o tempo? Que importância tem o tempo para ti? Como te organizas?

há um tempo atrás falaram-me de um filme, que não vi mas que tinha um conceito muito interessante:

As pessoas, em vez de pagarem coisas com dinheiro, pagavam com tempo de vida: tinham um chip e esse chip é que determinava o tempo que aquela pessoa ia viver.

Sempre que uma pessoa vai ao supermercado comprar, sei lá, um pão, o chip desconta uma determinada quantidade de tempo na vida dessa pessoa.

Sempre que alguém paga, neste caso, horas de vida ou tempo de vida a outra pessoa transfere tempo de vida do chip de uma pessoa para o chip de outra pessoa.

Como em todas as sociedades, há pessoas que têm vida para dar e vender e outras pessoas estão quase a morrer porque gastaram quase todo o tempo que tinham disponível.

Este é um conceito muito interessante porque essa é mesmo a realidade: quando uma pessoa troca tempo por dinheiro, por exemplo tem um emprego ou trabalha à hora, ou ganha dinheiro à hora, ou ao mês, ou à semana ou ao dia, quando o rendimento está associado ao tempo, essa pessoa na verdade está a vender tempo de vida.

Imagina que vai comprar uns sapatos por 50 euros e imagina que essa pessoa ganha, por exemplo, 10 euros à hora então essa pessoa está a descontar a quantidade de 5 horas por essa compra específica.
5 horas de vida, imagina!

Imagina que, em vez de a pessoa tirar 50 euros do bolso para pagar os sapatos de 50 euros ela tivesse de abater, no seu calendário 5 horas de vida.

Se calhar gastaria esse dinheiro de uma forma um pouco diferente, não era?

Ou imagina que vai ao supermercado fazer as compras da semana e gasta, não sei.. 200 euros e em vez dos 200 euros eram-lhe tiradas 20 horas de vida.

Se calhar, veríamos as nossas despesas e o nosso dinheiro de uma forma completamente diferente.

Porém essa é mesmo a realidade. Essa é a realidade para quase todas as pessoas: para todas as pessoas que trocam tempo por dinheiro.

Essa é a realidade.

Artigo Relacionado: Trocar Tempo Por Dinheiro ou Resultados Por Dinheiro

Eu fiquei impressionado quando ouvi esta comparação porque é uma coisa óbvia que está à vista de toda a gente mas se calhar nunca tinhas pensado nisto, como eu nunca tinha pensado nisto.

Leva-me a pensar muito acerca do valor do tempo: é irrecuperável. O tempo é irrecuperável.

Todo o tempo que dás a alguém é irrecuperável e por isso é tão valioso.

Um dia perguntaram-me se eu queria 50 euros ou se queria passar uns minutos com uma determinada pessoa.

Se me derem essa opção, e eu valorizar essa pessoa, que quero sempre o tempo com ela, porque o tempo é a coisa mais preciosa que essa pessoa tem para me dar.

Há pessoas que me fazem perguntas, pedem reuniões, pedem ajuda, pedem para passar tempo comigo e eu tenho de gerir muito bem esse meu tempo, para gastar esse tempo com pessoas que realmente estão mais comprometidas e mais empenhadas em aproveitá-lo bem.

Recomendo que faças exatamente o mesmo. Valoriza o teu tempo.

Artigo Relacionado: Quanto Vale Uma Pessoa? Quanto Vales Tu?

Nenhum de nós precisa de se “armar em bom”… “Ah o meu tempo é muito valioso…” o tempo de toda a gente é valioso. É uma questão de gestão: gasta o teu tempo onde ele possa ser mais proveitoso. Gasta o teu tempo onde ele possa ser mais útil para ti e para outras pessoas.

A dádiva maior que podes dar a alguém é o teu tempo. Não há nada mais valioso que possas dar.
Se deres dinheiro, esse dinheiro poderás recuperá-lo noutro lado, mas se deres o teu tempo, esse tempo é irrecuperável.

Valoriza-te, valoriza todo o tempo que tens.

Há aquela questão do “perder tempo”: não acredito que percamos tempo. Nós não perdemos tempo pois ele passa de todas as formas, mas aproveita bem o tempo.

Aproveitar o tempo, não significa aproveitar o tempo para trabalhar. Aproveitar o tempo significa aproveitar o tempo para te valorizares, para te transformares naquela pessoa que foste chamado a ser.

Fazes isso através do trabalho, através do lazer, fazes isso através das viagens e das experiências que possas ter, através das conexões que possas vir a ter com outras pessoas, das relações, da influência que podes ter noutras pessoas e que permites que outras pessoas tenham em ti. Tudo isto se faz no tempo, aproveita-o bem para todas estas coisas.

Artigo Relacionado: Dono do Tempo

Estive há pouco a ver no youtube um vídeo de uma pessoa que gosta de música, e o que faz é música e surf.

A vida dela é música e surf e eu acho que isso é fantástico!

Há uns anos atrás talvez pensasse que este é um inútil, não faz nada, passa a vida a tocar guitarra e a fazer surf mas eu hoje penso de forma muito diferente: essa pessoa pode estar a perder o seu tempo ou não.

Acredito que viver a paixão é a única coisa que vale a pena. Não há forma melhor de gastar o tempo, aliás, acho que é a única de gastar o tempo de forma proveitosa é empenhar o nosso tempo, a nossa energia, é viver a vida que queremos viver, viver a paixão que temos para viver.

Artigo Relacionado: Tem de Ser Possível Viver da Nossa Paixão. Tem de Ser Possível!

Fazendo isso e não vendendo o nosso tempo por dinheiro tendo um formato de rendimentos que nos permita isso: trabalhar e receber pelo trabalho que fazemos e não pelo tempo que gastámos a fazê-lo… acho que podemos ter uma vida muito boa e uma vida muito mais proveitosa e aproveitar muito melhor o tempo de vida que é curto, o que nós temos aqui nesta Terra.

 

 

 


Gostaste deste artigo? Estes também te vão interessar!
>> 86.400 Segundos
>> 12 Lições Sobre a Vida Dadas por Alguém que Viu 12 Mil Pessoas a Morrer
>> Como Saber o Futuro Sem Viajar no Tempo
>> Liberdade ou Morte: Parte 9 de “Liberta-te: Artigos para Novos Empreendedores numa Nova Economia”
>> Nunca Serás Livre Enquanto te Limitares a Trabalhar para Outras Pessoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *