Podes dar cabo de um negócio, até de uma organização inteira se não prestares atenção a isto.

Existem ideias que parecem lógicas e verdadeiras mas são muito perigosas uma das mais ruins é a “Em Equipa Vencedora Não Se Mexe.”

O maior perigo vem do facto de fazerem sentido e nem sequer questionamos se são ou não verdade.

Para toda a gente que trabalha ou já trabalhou em equipas ouviu dizer isto.

No futebol, nas empresas, nos negócios, sempre que algo está bem, tenta-se não mexer. Mas isso traz um problema grave.

Tudo o que hoje é de uma forma amanhã será de outra. A história ensina-nos isso:

Uma pessoa hoje é rica, amanhã é pobre. Uma empresa hoje é líder de mercado amanhã desaparece desse mercado.

Hoje tens sucesso fazendo algumas coisas, amanhã vais deixar de ter FAZENDO ESSAS AS MESMAS COISAS!

Isto é assim hoje e sempre foi e é por esse motivo que a melhor altura para mexer numa equipa, ou num sistema ou num modelo de negócio é quando ele está a funcionar muito bem.

Segue o meu raciocínio:

Aquilo faz hoje de ti uma pessoa de sucesso é o resultado de dois factores:

  1. As tuas competências, que dependem de ti.
  2. As circunstâncias que não dependem de ti.

Um facto impossível de negar é que as circunstâncias mudam constantemente.

Às vezes basta sair uma notícia no jornal ou na televisão para mudar um padrão de comportamento dos consumidores e de um dia para o outro muda tudo.

Aconteceu por exemplo no 11 de Setembro, quando, de um dia para o outro todas as companhias aéreas do ocidente deixaram os aviões no chão.

Muitas faliram e ainda hoje se notam os efeitos daquela mudança repentina de circunstâncias.

No teu negócio e na tua vida é a mesma coisa: Tens de estar sempre a mudar, adaptar, melhorar.

Se o que fazes agora te traz sucesso, isso significa somente que tens uma folga para poderes cometer alguns erros enquanto continuas sempre a melhorar a tua intervenção no mercado conforme as circunstâncias também vão mudando.

Se trabalhas numa equipa ou se lideras uma equipa, precisas criar e manter uma mentalidade fluida relativamente à mudança porque vai tornar muito mais simples a implementação de ações que te ajudem a resolver problemas ou a prevenir esses problemas.

  • Uma organização pro-ativa gasta 90% da sua energia a evitar problemas, trabalha na prevenção e por antecipação.
  • Uma organização reativa, gasta toda essa energia na procura de soluções para problemas que já tem e isso impede-a de ser pro-ativa e inovadora.

A nível pessoal, se tens um negócio ou uma carreira para gerir, esta pode ser uma boa forma de o fazer:

Eliminar a frase “Em Equipa Vencedora Não Se Mexe” do teu vocabulário e mexer sim, em tudo sempre com atenção ao que se passa no mercado e à tua volta. 

Concordas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *