Há muito que me perguntava se haverá algum método que se possa por em prática e que permita qualquer pessoa realizar qualquer objetivo.

Acho que sim, que há e vou-te relevar o método neste artigo. Melhor ainda: vou-te mostrar como eu próprio o faço e os resultados que me trouxe.

Antes de saber isto eu andava meio perdido, acho eu, como a maioria das pessoas que têm sonhos e objetivos e que gostariam de os concretizar.

  • Queria mais dinheiro, e só encontrava mais trabalho.
  • Queria mais reconhecimento mas só encontrava mais aproveitadores.
  • Queria mais apreço mas só encontrava mais oportunistas.
  • Queria fazer da minha vida alguma coisa que fizesse sentido mas não sabia nem por onde começar.

Com o tempo fui aprendendo muitas coisas e consegui o dinheiro o apreço e o reconhecimento que procurava. Na verdade consegui muito mais do que procurava, mas descobri também que é assim esta estranha economia: quando é hora de receber, a gente recebe em tanta abundância que parece despropositado!

Vais descobrir isso um dia, se ainda não o descobriste.

Quando reparei que tinha conseguido tudo aquilo que ansiava, olhei para trás. Revivi cada dificuldade, cada prova, cada superação, cada momento de decisão, cada escolha.

Fiquei surpreendido com tantas coisas que poderiam ter corrido mal. Tantissimas!

Tomei consciência de que bastaria uma decisão ou uma ação ter sido diferente para o resultado nunca ter chegado. Com a surpresa veio uma grande gratidão e o conhecimento que estou prestes a transmitir-te acerca de como conseguir qualquer objetivo.

1- Precisas ter Ideias Claras acerca do que queres.

Não é “vou tentar” e não é “gostava de…” é uma firme determinação:

– Eu quero isto!

Este objetivo precisa ser Grande, Mensurável e Datado.

De preferência “ridiculamente grande” um daqueles que provoque nos teus amigos comentários deste tipo: “estás louco”.

O facto de teres um objetivo grande e claro, provoca em ti uma mudança, expande a tua mente e não te deixará abrandar quando chegarem os primeiros resultados.

Eu, ganhava uns 700 euros por mês quando decidi que queria ganhar 700 euros por dia. Depois de 3 meses tinha ganho 7 mil euros, e no mês seguinte ganhava isso por mês.

Contudo, 7 mil por mês não são 700 por dia e o meu plano aumentou de intensidade. Realizei-o 3 meses mais tarde, no meu sexto mês depois de iniciar com mais de 28 mil euros só nesse mês.

Se não tivesse um objetivo ridiculamente elevado, provavelmente abrandaria o ritmo quando ganhasse 7 mil por mês e ficaria muito aquém do meu potencial.

2- Reunir Recursos

Os recursos são normalmente desta ordem:

a) Competências.  O que aprendeste ao longo da tua vida e que te poderá ser de utilidade. Sabes coisas que não fazias ideia que agora te seriam de tanta utilidade.

b) Tempo disponível. Vais precisar de adicionar novas rotinas ao teu dia-a-dia. Precisas adjudicar tempo de qualidade para realizares as ações necessárias.

c) Dinheiro. Vais precisar investir dinheiro. Vais precisar comprar ferramentas, informação, fazer viagens, ter reuniões, almoços ou jantares, honorários a algum consultor ou  mentor… Precisas saber quanto irás precisar e, caso não tenhas as quantias de que precisas, tens de achar soluções.

d) Circunstâncias. Onde vives, que mentalidade tens, hábitos de trabalho e qualidades pessoais. Local onde moras, pessoas com quem te relacionas.

3- Achar Aliados

Como ninguém nasceu ensinado, tu também precisarás de achar mentores e parceiros que tenham atingido ou estejam em vias de atingir os objetivos que tu próprio tens. Pessoas com boa atitude e vontade de ajudarem e de serem ajudadas, da mesma forma que tu.

Estes aliados vão dar-te acesso aos seus próprios recursos: conhecimento, ou tempo ou dinheiro ou circunstâncias. Desta forma um objetivo aparentemente impossível, torna-se realizável porque não está somente dependente do que tu és, sabes ou tens agora mesmo, mas também da tua rede de aliados.

 

4- Definir um Plano de Ação.

Chegou a hora de dividir o teu Objetivo Grande em objetivos pequenos, e noutros mais pequenos até que tenham o tamanho de tarefas que possas colocar na agenda.

Por exemplo, se queres ganhar um campeonato de dança e não sabes nada sobre dança, precisas talvez achar um professor de dança que te possa ensinar. Achar este professor é um objetivo em si mesmo (um objetivo pequeno a caminho do objetivo grande: ser campeão de dança). Para realizares este objetivo pequeno vais ter de atribuir tempo e tarefas. Por exemplo: procurar na Internet por aulas de dança na minha região, ou listar todos os amigos que saibam dançar e perguntar-lhes qual o melhor professor, etc… Estas seriam tarefas para realizarem um objetivo pequeno com vista à realização do Objetivo Grande.

Um Plano de Ação é a lista dessas tarefas e a colocação delas na agenda para serem executadas.

5- Ação Massiva

Uma vez que sabes o que fazer, é tempo de fazer. Atenção: “Tempo de Fazer” não é “Tempo de Pensar”.

Tempo de pensar é quando estás a traçar o plano não é agora. Agora é para executar de forma massiva, sem tréguas durante o tempo que for necessário.

– Avalia regularmente

– Afina os objetivos intermédios e as tarefas

– Risca os à medida que os vais realizando,

– Celebra todos esses pequenos sucessos.

Nunca desistas até conseguir.

É possível que tenhas de desistir de algum plano, ou objetivo intermédio, ou de uma série de tarefas se vires que não estão a levar-te na boa direção. Fazias umas coisas, agora podes mudar e fazer outras. Mas nunca se desiste do Objetivo Grande, se ele é algo que queres muito, muito, muito.

 

Como Realizar Qualquer Objetivo

 

6 thoughts on “Método Infalível Para Realizar Qualquer Objetivo”

  1. Incrível! Você usa muito bem as palavras!
    E o resultado não poderia ser outro. Entendemos perfeitamente o que quer transmitir.
    És um grande mentor!

    1. Heloiza, a clareza é uma das qualidades que se aprende com a prática da observação. Observa-te a ti, pensa no porquê das coisas que escolhes, sentes, fazes, observa outras pessoas e lembra-te do que tu nas mesmas circunstâncias sentiste, escolheste e fizeste. Verifica se é verdade que aquela pessoa está a sentir, escolher e fazer o mesmo que tu e passas a entendê-la com mais clareza do que ela própria.
      Cada um de nós Heloiza é o melhor mestre de si mesmo e o seu melhor mentor. Verdade? 🙂

  2. Pingback: 11 Ideias Perigosas De Senso Comum Que Parecem Verdadeiras

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *