É comum chamar-se “guru” a alguém que sabe muito acerca de um assunto e que ensina a outros.

“Guru” significa “aquele que ilumina”, que dissipa a escuridão. No sentido deste artigo, quer dizer “aquele que mostra o caminho”.

Por isso há muitos especialistas a quem chamam “gurus”, porque sabem muito acerca de alguma coisa e tratam de ensinar outros a percorrer o caminho que eles mesmos já percorreram, evitando os fracassos que passariam se fossem sozinhos, sem um guia.

Artigo Relacionado: 4º Mito do Internet Marketing – Tudo se Acha Grátis na Internet

Por exemplo: ao José Mourinho, reconhecido como o melhor treinador de futebol do mundo, não chamam “guru”. A Bill Gates, o homem mais rico do mundo anos a fio também não.

Mas chamam “guru” ao Joe Vitale, por exemplo, ou ao Ted Nicholas ou o Brendon Bruchard, Johnathan Bud, e a qualquer pessoa que saiba do que fala e trate de ensinar outros.

Posto isto, se tu souberes alguma coisa a fundo, encontrares pessoas interessadas em aprender (um nicho de mercado) e arranjares uma forma de lhes fazer chegar esse conhecimento, és um guru. Se, somado a isso, souberes como rentabilizar esse aporte de valor, vais ser um guru muito bem remunerado.

É isto que irás aprender ao longo destes artigos: como iluminar a vida de outras pessoas, ganhar apreço e reconhecimento e ainda fazer montes de dinheiro no processo.

Artigo Relacionado: A Visão Para os Membros da Tribo [Excerto Treino Power Bloggers 2]

 


 O ADN DO GURU

Já reparaste com certeza que diante de uma situação as opiniões de algumas pessoas valem mais do que as de outras?

As palavras que eu diga relativamente à performance do Clube de Futebol aqui da terra não são levadas a sério por ninguém que me conheça, pois todos sabem que o meu conhecimento na matéria é zero. Contudo, se o assunto for marketing na Internet, já muitas pessoas se calam para ouvir a mina opinião. É assim.

Para teres valor, precisas ser credível, mas, por outro lado, és credível se tiveres valor.

Porque é que muitos gurus morrem ainda antes de nascerem?

Simplesmente porque aquele é um ciclo vivioso difícil de quebrar.

Para teres uma galinha precisas de um ovo e para teres um ovo precisas de uma galinha.

Precisamos de contornar este problema e lançar as mãos àquilo que é comum à galinha e ao ovo: O ADN.

Todos os gurus têm “genes” comuns entre si. Vamos a ver se tu os tens e se consegues encontra-los.

O primeiro indicador para saberes se tens “guruísmo” nos teus genes é a tua emoção.

Vamos fazer um teste. No final terás uma classificação que te vai dar uma pista nesta matéria.

Artigo Relacionado: És Empreendedor e Não Sabias? Parte 7 de “Liberta-te: Artigos Para Novos Empreendedores Numa Nova Economia”

Vou contar-te uma história do futuro. Visualiza tudo o que te vou dizer.

Antes de iniciar certifica-te de que tens aí à mão um caderno de capas rijas para tirares apontamentos. Como dizia um amigo: “vale mais um lápis pequeno que uma memória grande“. Já tens? Prossigamos.

 


A HISTÓRIA DO FUTURO

Artigo Relacionado: O Teu Futuro É Determinado Pelas Histórias Que Contas a Ti Próprio Parte 1 de 2

Tu já tens uma ideia do que é um Guru, certo? É aquela pessoa que encontrou um caminho, percorreu-o (e percorre-o) e ensina outras pessoas nesse processo. Visualiza o que para ti é o “guru ideal”:

  • Qual a sua aparência física? O porte, o cabelo, a postura, a roupa que tem vestida. Visualiza a cara dele, a expressão facial, os lábios, o olhar.
  • Que estilo de vida tem? Como é a sua casa? Onde fica? Que carro conduz? Que viagens faz? Com quem? Quanto dinheiro tem na conta bancária?
  • Como lida com o dinheiro? Em que coisas gasta dinheiro? Onde investe? Quem ajuda solidariamente? Como se sente ao pedir dinheiro em troca dos seus serviços?
  • Como cuida da sua saúde? Que tipo de alimentação faz? Quais os seu hábitos de vida? Exercício? Stress? Sono? Meditação?
  • Como pensa? Deixa entrar pensamentos negativos na sua mente? É criativo ou mecanizado? Pensa mais no passado ou no futuro? Estuda todos os dias?
  • Com quem convive? Achas que ele não escolhe as pessoas das quais se rodeia? Ou escolhe? Que tipo de pessoas?
  • Como organiza o seu dia? Tem uma agenda? Sabe estabelecer prioridades?
  • Como lida com os outros? É paciente? Generoso? Está genuinamente preocupado em ajudar? Mais do que em ganhar dinheiro?
  • Como planeia? Tem um projeto de vida? Um plano a curto prazo e um outro a longo prazo? Executa esse plano todos os dias?

Para concluir a história do futuro, falta a frase do milhão, aquela que revela a verdade escondida.

A verdade é esta: Essa pessoa que estiveste a visualizar és tu mesmo!

O que tu viste foi o teu futuro como “guru”! E sem bola de cristal!

Artigo Relacionado: Como Prever o Futuro

Como te sentes a esse respeito? Que emoção experimentas?

Não precisas de pensar muito: ou tens uma emoção positiva ou negativa. Se a tua emoção for negativa, pensa no que terias de mudar até teres uma emoção positiva.

Se (e quando) a tua emoção for positiva, encontraste o teu ADN de guru e tens um papel muito importante a desempenhar.

Não te retraias.

Artigo Relacionado: Liberdade ou Morte: Parte 9 de “Liberta-te: Artigos Para Novos Empreendedores Numa Nova Economia”

 

Guru Instantâneo O Método Subversivo para seres RECONHECIDO, APRECIADO E PAGO por aquilo que ÉS, SABES e GOSTAS DE FAZER.
Guru Instantâneo: O Método Subversivo para seres RECONHECIDO, APRECIADO E PAGO por aquilo que ÉS, SABES e GOSTAS DE FAZER. CLICA NA IMAGEM PARA DESCARREGAR!

  << Capítulo Anterior AQUI
Próximo Capítulo BREVEMENTE AQUI >>

One thought on “O Que é um Guru? – Parte 1 de “Guru Instantâneo””

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *