“Não é para onde tu olhas que é importante, mas o que tu vês.” – Henry David Thoreau

Artigo Relacionado: O Berço não Determina o Destino (O Primeiro Mandamento do Cristiano Ronaldo CR7  para o Sucesso)

Hoje escrevo em estilo de diário ou meditação. Permite que partilhe contigo algo pessoal que nunca partilhei com ninguém.

Quando eu era criança ia com frequência ajudar um vizinho nas lides do campo, juntamente com mais um rebanho de adultos e um bando de crianças.

Semeava batatas, ceifava trigo, montava o burro e corria atrás da carroça para montar na boleia. Na sementeira das batatas, primeiro espalhava-se estrume pela terra toda. O cheiro ácido do estrume de galinha ainda penetra hoje as minhas narinas.

Depois um homem cavava um rego, uma mulher raspava uma secção de estrume e ervas para dentro do rego e as crianças colocam os pedaços de semente de batata bem alinhadinhos dentro do rego, sobre o estrume.

Eu lembro-me de achar verdadeiramente nojento mexer no estrume com as mãos ao colocar as batatas, o cheiro ácido intenso era horrível. Apesar dos meus protestos, lá tinha de ultrapassar o asco e fazer o meu trabalho. Depois de algum tempo íamos comer a bucha, pão com latas de atum, que eu adorava, no meio dos pinheiros.

O que eu quero dizer com esta historieta é que eu via muito trabalho, cavar, estonar, andar horas e horas baixado a colocar batatas no rego, o cheiro do estrume, o nojo.

Não tinha a capacidade de ver o resultado, porque não estava visível aos meus olhos. Não via a colheita abundante daí a poucos meses. Era uma criança.

Agora que sou adulto, deixei as coisas de criança, agora sei o que significa “realização”:

Artigo Relacionado: Imagina! Eu Queria Ganhar 6 Dígitos por Ano!

. Agora eu olho para o trabalho árduo e posso ver a dor, mas vejo, também, o seu resultado.

. Olho para a crise e vejo uma oportunidade.

. Avalio a minha vida e, porque tenho um sonho e um objetivo, vejo o seu propósito.

. Quando olho para um problema, vejo também um desafio.

. Quando olho uma pessoa pela primeira vez, vejo também o seu potencial, fico mesmo emocionado quando vejo aquilo em que aquela pessoa se poderá transformar.

. Quando estiver a olhar para ti,se alguma vez te puder olhar, verei não somente a tua biologia incrível, mas também o teu potencial e um caminho possível para se realizar.

Artigo Relacionado: Empowerment é Descobrir o Teu Poder Pessoal

Agora que reparo, durante estes anos de luta, dificuldade, sucessos e grande realização pessoal, aprendi a ver o que ainda não é visível aos olhos e estou tão grato por isso que me apetece até agradecer às pedras!

Creio que é isso que se refere Saint Exupéry quando coloca o seu principezinho a dizer que “o essencial é invisível aos olhos.”

Também creio que é isso a que se refere a história do pai visionário que vê muito além do que está diante dos olhos e dá uma lição incrível ao seu filho pequeno.

Creio também que Alan Watts tem razão quando fala do rasto do barco na água, que não determina a direção desse barco.

O que tu olhas é somente luz a entrar pelos olhos dentro. Pura biologia, porém o que tu vês está dentro de ti, e aquilo que tu fazes com o que tu vês é que determina a tua direção e o teu futuro.

Artigo Relacionado: [Algo Pessoal] A Vida Muda com uma Decisão

Perdoa-me ser tão pessoal, mas estou a escrever este artigo a partir de uma grande emoção:  Quando vejo o que é uma pessoa, vejo aquilo em que se pode transformar e vejo o processo… fico muito feliz! É como ver algo cósmico a realizar-se.

Isso emociona-me porque te amo, amo tudo o que és e amo tudo aquilo em que podes transformar-te.

Obrigado por estares aí e estares a transformar-te na melhor versão de ti mesmo. Inspiras-me.

 

 

 


Gostaste deste artigo? Estes também te vão interessar!
>> Como Conseguires Tudo o Que Queiras a Partir da Tua História
>> [Bom Dia] Podes Mudar o Teu Passado
>> Como Saber o Futuro Sem Viajar no Tempo
>> O Teu Futuro é Determinado Pelas Histórias que Contas a Ti Mesmo Parte 1 de 2
>> O Segredo para Sermos Nós Mesmos

One thought on “O Que Somos Hoje e o Nosso Passado Não Determinam O Nosso Futuro”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *