Agora  que  estás  a  chegar  ao  final,  está  na  hora  de  começar  do  princípio, se  bem te recordas da dica  inicial:  “lê  tudo  de uma vez,  depois começa  de novo“.

Estás prestes a iniciar  uma verdadeira aventura.

Ela vai trazer-te muita alegria e abundância, misturada com desespero,  fracassos e desilusão.

Não te preocupes: é melhor ter uma desilusão do que nunca ter tido um sonho.

E lembra-te disto: não há factos inóquos: cada vitória e cada derrota pode contribuir para o teu sucesso ou para o teu fracasso, dependendo do que faças com eles.

Robin Sharma diz que  “nada fracassa tanto como o sucesso”, ilustrando a ideia de que um  sucesso pode paralisar-te na ilusão de que já chegaste a algum lugar. Por outro lado um fracasso pode dar-te uma visão mais clara da realidade e transportar-te para uma dimensão de verdadeiros resultados.

Por isso: não confies nas vitórias nem tenhas medo das derrotas:  terás umas e outras e ambas irão contribuir para o teu sucesso.

Antes de iniciares o trabalho precisas de planear os teus resultados.

Não  caias  no  erro  de  “eu  dou  o  meu  melhor  e  o  que  acontecer , acontecerá”  porque  se  o  fizeres  o  mais certo  é  acontecerem  coisas  que  tu não  querias.  Acredita  que  eu  sei  do  que  falo.

Pega  no  teu  caderno  de  notas  e  escreve:

ESTABELECE UM OBJECTIVO

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *