9 Passos Para Seres Livre Sem Teres de Bater em Ninguém
1. Deixar de Ter Medo
2. Ser Dono do Tempo
3. Como Ter Dinheiro Suficiente Para Não Ter de Pensar Nele

4. Ter a Coragem de Desafiar os Limites
5. Como Desenvolver-se Física, Emocional, Mental e Espiritualmente
6. Escolher Por Quem Te Deixas Influenciar
7. Abdicar da Liberdade de Escolha, Escolhendo
8. Apreciar o Preço Que Se Paga Pela Liberdade
9. Como Influenciar Positivamente o Mundo

A segunda coisa que precisas para seres livre é ser dono do tempo.

O tempo é o bem mais precioso e coloca todos os seres humanos em pé de igualmente. Todos temos dias de 24 horas.

Já pensaste no que conseguia realizar uma Madre Teresa em 24 horas? Já pensaste no que conseguia realizar um Steve Jobs ou um Bill Gates nessas mesmas 24 horas? E um Stephen Hawking a mente científica mais brilhante do nosso tempo?

Os dias deles são maiores do que os de outras pessoas? Não. Não o são, definitivamente, maiores do que o meu ou o teu.

E podemos incluir aqui a lista de milhares e milhares de pessoas comuns que fizeram coisas extraordinárias com as poucas horas que cada dia lhes deu.

Porquê?

Porque é que algumas pessoas usam o tempo de forma tão extraordinária e outras desperdiçam-no sem terem noção do seu valor?

Artigo Relacionado: Marketing Pessoal – Valor Pessoal

Há um tempo falaram-me de um filme em que as pessoas pagavam bens e serviços não com dinheiro, mas com tempo de vida. Não o vi e posso não estar a ser completamente correto nos detalhes, mas estou correto na mensagem:

Toda a gente nascia com um determinado tempo e iria morrer ao final desse tempo. No dia a dia transferia tempo de vida para outra pessoa em pagamento de alguma coisa.

Por exemplo: um par de sapatos: 1 dia de vida, um hambúrger, meia hora. E assim algumas pessoas acumulavam tempo de vida e viviam quase para sempre enquanto outras morriam rapidamente.

Agora vem a parte assustadora em relação ao tempo.

Esse filme, sendo ficção, é verdadeiro.

Se eu ganho 1000 euros por 22 dias de trabalho, o meu dia de 8 horas de trabalho vale 45,45 euros.

Quando eu vou comprar um par de sapatos e pago 50 euros, estou de facto a entregar 8 horas da minha vida diretamente em troca de um par de sapatos.

Se não houvesse dinheiro e a troca fosse direta, tu comprarias o par de sapatos abdicando conscientemente de 8 horas da tua vida em troca?

O tempo? Podemos investi-lo, gastá-lo, desperdiçá-lo, oferecê-lo, mas nunca o poderemos recuperar. O tempo é o bem mais precioso.

Agora vamos ver o que significa ser dono do tempo.

Estás a ver alguém que anda sempre tão ocupado que nunca tem tempo para nada? Se calhar tu és uma dessas pessoas, ou se calhar não és, mas conheces alguém assim.

Já reparaste que “estar muito ocupado” é bem-visto pela sociedade. “aquela pessoa trabalha muito, coitado, nem tem tempo para mais nada” e isso está ok.

Artigo Relacionado: 11 Ideias Perigosas de Senso Comum que Parecem Verdadeiras

Não está.

Quem controla o tempo de outra pessoa, controla essa pessoa.

Se entregares o controlo do teu tempo a alguém estás a entregar o controlo da tua vida. Isso pode ser liberdade, se for uma tua decisão, mas se não for, é escravidão.

Artigo Relacionado: Nunca Serás Livre Enquanto te Limitares a Trabalhar para Outras Pessoas

O que está ok é isto:

Queres estudar música, estudas música. Queres jogar futebol? Jogas futebol. Queres levar o teu filho à escola e estar com ele todos os minutos em que está acordado? Fazes isso. Queres Ser voluntário numa ação humanitária? És. Queres viajar e viver nas praias do mundo? Viajas e Vives. Queres viver fechado num laboratório e não ver ninguém durante meses e aparecer com uma descoberta revolucionária?

Fazes isso. Queres trabalhar como um condenado porque tens uma missão uma visão e um plano? Trabalhas como um condenado.

Isto é ser dono do tempo: fazer com ele o que tu sabes que queres. Aquilo que te realiza como ser humano.

Quando estiveres quase a morrer e olhares para a tua vida e pensares “tive uma vida maravilhosa, fiz tudo aquilo que vim fazer” então foste dono do teu tempo.

 

A terceira coisa de que precisas para seres livre é Teres Dinheiro Suficiente Para Não Teres De Pensar Nele.

 

(<<- Ir Para o Início da Série) (Continua Aqui ->)

 

 

 


Gostaste deste artigo? Estes também te vão interessar!
>> Prioridades: A História da Lição Que O Professor Deu Com Um Frasco de Maionese Vazio
>> [Bom Dia] Como Descobrir a Tua PAIXÃO e Desenvolver a Tua VISÃO
>> Alerta: Ainda Segues a Definição De Sucesso Ditada Por Outras Pessoas?
>> Liberdade e Responsabilidade a Partir do Ninho das Águias
>> [Bom Dia] A Pior Forma de Escravidão é a da Mente

16 thoughts on “Ser Dono do Tempo”

      1. Gostei da terceira parte, quem controla o tempo de uma pessoa controla essa pessoa. Esta perspetiva pode ser aproveitada por qualquer um de nós, enquanto as outras duas, tão ou mais importante do que esta, já exigem outros recursos pessoais e sociais, que muita gente não tem, como motivação e ambição pessoal, ou interações sociais de qualidade que suscitem uma ocupação do tempo mais frutífera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *