“Pelo menos uma vez por ano precisamos de fazer reboot.”

Nós humanos, eu falo por mim, temos uma capacidade extraordinária de acumular tralha na nossa vida.

  • É tralha física: coisas que acumulamos e que não servem para nada nem nos servem para nada, coisinhas e coisetas;
  • Tralha emocional: ressentimentos mais ou menos vagos, odiozinhos de estimação, medos, inseguranças deixadas por algum fracasso;
  • Tralha mental: preconceitos, baixa auto-estima, crenças limitadoras, procrastinação; Tralha espiritual: superstições, ego, necessidade de poder, superficialidade.

É como um computador: usas, abusas, trabalhas, divertes-te, e chega a um ponto, tens o anti-vírus desactualizado, o disco rígido cheio de porcarias, todo fragmentado, ficheiros de registo marados. Precisas de fazer reboot, ou, quem sabe, formatar o disco.

A vantagem de começar de novo, é que isso nos permite perdoar a nós mesmos pelo passado, entender que o passado foi importante mas não nos comanda porque daqui para a frente temos uma folha novinha, em branco, para recomeçar a escrever o nosso futuro.

Limpa a tralha, começando pela física e terminando na espiritual.

  • Faz uma lavagem geral ao corpo, esfrega, ensaboa, corta o cabelo, faz a barba ou muda de visual, depois limpa os armários da roupa e sapatos que não usas, dos livros que não lês, dos bibelots que não te dizem nada. Dá tudo.
  • Limpa depois as emoções, não esclareças mal entendidos, porque no momento em que o tentares fazer vais levantar a poeira que já tinha assentado. Mas limpa os odiozinhos e os ressentimentos de dentro de ti e quando estiveres limpo, vai falar com quem tens de ir falar e diz somente que lamentas o sucedido.
  • Faz também uma limpeza à tua mente, assegura-te de que dás uma oportunidade a ti mesmo ou a ti mesma para progredir, estudar, avançar como pessoa. Agarra a oportunidade.
  • Finalmente faz reboot ao espírito: aprende a meditar, a entrar em contacto com a parte da tua natureza que te faz compreender os outros e a ti mesmo e te torna colaborativo, generoso e próspero.

Há momentos na vida em que temos de fazer mudanças radicais, verifica se este não será um desses momentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *