“Ou estás verde e a crescer, ou maduro e a apodrecer.” – Ray Kroc

Não existe ninguém em fase de “maturidade” que esteja a crescer. Não. Nem frutas e legumes, nem pessoas nem negócios, nem empresas.

Por isso é tão entusiasmante a infância e a adolescência: muitas descobertas, muitas coisas novas, muita inconsciência dos perigos e ideias muito claras.

Quando inicias um projecto novo, tornas-te adolescente independentemente da tua idade cronológica. Ganhas entusiasmo, energia, tornas-te arrojado, corajoso, destemido.

Essa é a única maneira de evoluir: ser verde. E quando ficares confortável, liga as sirenes pois começas a apodrecer no mesmo minuto em que deixas de crescer, mais uma vez: independentemente da tua idade biológica.

Por isso não há nada de errado com a inexperiência. É fantástica porque, além de provar que estás verde e a crescer, dá-te uma boa desculpa para justificares os teus erros e seguires em frente.

E aqui está a principal diferença entre um verde e um maduro, na forma como lidam com os erros e os fracassos.

  • Um maduro, tem experiência e deveria, supostamente, não cometer erros. Deveria saber o quê e como fazer as coisas e deveria ter resultados. Mortífero. É claro que tantos “deveria” e outros tantos “seria suposto” mostram que essa pessoa, negócio ou empresa está a olhar para trás, para a base de experiência, e não para o futuro, para a base de desafio. Diagnóstico: maduro e a apodrecer.
  • Um verde não tem de responder diante do passado, pois ele é curto. Só tem olhos para o futuro, para as pequenas coisas que vai conseguindo passando por cima dos fracassos. Entende que fazem parte do processo, pois “é suposto” ir aprendendo e desenvolvendo-se. Diagnóstico: verde e a crescer.

Se reparares bem, nenhuma das duas atitudes tem nada a ver com o tempo nem com a experiência. Tem tudo a ver com filosofia de vida. Há pessoas novas e a morrer de velhice, e velhos adolescentes. Há empresas com 3 anos em decadência e empresas centenárias que constantemente se reinventam.

Faz por ser sempre inexperiente em alguma coisa, reinventa-te, torna-te arrojado. Realmente não tens grandes alternativas: ou és verde ou és maduro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *