Achei que o dinheiro me poderia proporcionar a segurança que necessitava e, quando decidi começar a escrever este blog foi com a intenção de ganhar a vida com ele. Ponto final.

Eu vivia com medos, principalmente medo do futuro, do que poderia acontecer comigo ou com a minha família, vivendo nós em grande necessidade económica.

Isso funcionou muito bem, pois ele permitiu-me trabalhar somente algumas horas por dia, viajar pelo mundo, ajudar outras pessoas e ainda… ganhar meio milhão de dólares em 2 anos. (Estes resultados não são típicos, rendimentos médios em ruigabriel.com/rendimentos. Podes saber mais sobre “Viver da Internet” como eu clicando neste link)

O facto é que, tendo conseguido isso com o meu blog, imensas outras coisas aconteceram também. Falo especificamente de ter a oportunidade de conhecer pessoas boas espalhadas pelo mundo e de poder comunicar-me com elas, de receber comentários generosos, outros divertidos e outros emocionados de pessoas que eram desconhecidas e passaram quase a fazer parte da minha família.

Este Blog permitiu-me expandir a visão de liberdade que tenho, inspirar outras pessoas e deixar-me inspirar por elas.

A Iara era uma desconhecida, agora é uma amiga que ainda não encontrei pessoalmente. Porém sei que isso irá acontecer muito em breve, logo que ela decida a dar mais passos na direção da sua liberdade.

Ela comentou o meu artigo sobre o poder da história de cada um no que respeita à realização de sonhos, depois conversámos um pouco pelo skype há umas semanas atrás. Confidenciou-me os seus desejos e medos, ouviu as minhas opiniões e seguiu o caminho.

Agora mesmo, recebi esta mensagem no Skype enviada por ela, uma leitora do meu Blog:

Superar os medos
A mensagem da Iara agora mesmo no meu skype

Partilho esta mensagem contigo para te mostrar o poder que tem um blog como este que uso, para espalhar uma mensagem de que gosto.

Poderia usá-lo para falar de negócios, ou de produtos, ou de desporto, ou de hobbies, ou de qualquer outra paixão e, mesmo assim, ganhar uma fortuna com ele, sendo que uma boa parte dessa fortuna vem em formato de reconhecimento e apreço.

Quero com este post mostrar-te que tu tens um poder por explorar. Tu podes influenciar positivamente o mundo, falando do que adoras, fazendo o que amas, comunicando com o mundo acerca do que gostas.

E podes provar que podes ser livre fazendo precisamente isso.

  • Não depender de um patrão para ganhares o teu dinheiro.
  • Não dependeres da geografia para poderes trabalhar no que gostas.
  • Poderes determinar quanto dinheiro queres ganhar e onde o queres ganhar.
  • Com quem queres trabalhar e a fazer o quê.

Este é o poder que me deu este blog e é este o poder que estou aqui a partilhar contigo.

Acabei de regressar dos Estados Unidos onde fui 10 vezes nos últimos 2 anos, amanhã mesmo vou partir para a nossa segunda Missão Humanitária à Guiné Bissau, levando 6 ambulâncias e outras 7 viaturas carregadas de ajuda humanitária. Vamos deixar lá os carros, a ajuda, até a nossa roupa e voltamos de avião 2 semanas depois de termos iniciado a missão, com a roupa do corpo.

  • Não teria a liberdade de fazer isto se tivesse um emprego, mesmo que fosse muito bom.
  • Não teria o dinheiro par financiar estas coisas se não ganhasse muito.
  • Não teria tempo para viajar durante 3 semanas por mês, se não tivesse o meu negócio online em piloto automático.

Por isso hoje quis trazer-te a oportunidade de teres as mesmas ferramentas que eu tenho e teres o mesmo treino que eu tenho para poderes fazer o que eu faço: usar Este Blog para ganhar dinheiro e ser livre.

 

7 thoughts on “A Iara, os Medos e Como Ganhar A Vida com Um Blog”

  1. Como sempre, leio os teu artigos todos! É uma “lavagem de alma consumi-los”, e gostei especialmente deste, curto mas eficaz….”Tu podes influenciar positivamente o mundo, falando do que adoras, fazendo o que amas, comunicando com o mundo acerca do que gostas” – Ruis, deste-me agora mesmo uma “luzinha”. Obrigada.

    1. Obrigado Luisa. Acredito que todos temos uma missão e que essa missão passa por comunicar com o mundo aquilo que somos, temos, fazemos. Dando o nosso melhor, coisas boas acontecem.

  2. Olá Rui, em primeiro lugar quero desejar te boa viagem, e dizer que enche a alma de prazer alguém dizer que vais ajudar aqueles que necessitam de ajuda eu não sou africana mas quero agradecer te pelo que estás a fazer isso é muito lindo de se ver. Espero um dia poder fazer uma viagem assim com vocês.E em segundo lugar quero dizer que estou a aprender contigo desde que li o primeiro post que me enviastes gostei e sempre tiro lições dele obrigada, e por favor continue mandando os post para mim. um abraço.

    1. Obrigado pelo teu comentário Eunice. Depois de ler alguma coisa e de nos deixarmos inspirar é preciso partir para a ação: se consequente, fazer alguma coisa que nos coloque no caminho da transpiração (não somente da inspiração) 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.