Vou dizer-te uma coisa que podes achar estranha: “Uma boa parte da nossa felicidade vem do ambiente que criamos à nossa volta.”

Sim: Felicidade vem do ambiente que Criamos quando escolhemos com quem queremos estar fazendo que tipo de coisas, debaixo de que tipo de energia (positiva ou negativa).

Para te recordar do email com a lista das 9 experiências que fazem uma pessoa ser feliz, repito aqui a lista:

[fancy_box id=3]

Estas são as 9 Experiências que fazem uma pessoa feliz:

  1. Sentir-se Poderoso
  2. Ter Reconhecimento
  3. Conseguir Vivências Significativas
  4. Pertencer a Algo Maior
  5. Ser Dono do seu Tempo
  6. Dominar o Dinheiro
  7. Adquirir Determinados Conhecimentos
  8. Rodear-se de Boas Influências
  9. Influenciar Positivamente o Mundo (deixar um legado)
[/fancy_box]

8ª Experiência: Rodear-se de boas influências.

Um amigo meu disse-me há uns tempos atrás: “eu não me deixo influenciar”. Achei imensa graça. Ele ouviu alguém dizer isso um dia e achou que era fixe. Foi influenciado por uma pessoa que disse que não é influenciável. Nada mais.

Na realidade começamos a ser influenciados ainda antes de nascermos.

O conjunto de influências da infância, chamamos “educação”. Os colegas, televisão, pais, irmãos, e toda a rede de relacionamentos e todas as mensagens que nos chegam de todos os lados desempenham um papel na nossa construção mental do mundo.

A maior parte das pessoas passam toda a vida rodeadas de pessoas e de meia dúzia de ideias acerca de meia dúzia de assuntos. E aceitam essas ideias como verdadeiras. Baseiam nelas as suas opiniões, decisões e acções (por esta ordem).

Essa meia dúzia de ideias são estas:

  1. As coisas são como são.
  2. A vida de cada um depende das suas circunstâncias.
  3. O dinheiro não chega para todos. Para uns terem muito, outros têm de ficar sem nada.
  4. Quem tem autoridade é que sabe o que é melhor. – o professor, o médico o advogado, o padre
  5. Se os outros fazem é porque é assim que se faz (“não és mais do que os outros”)
  6. É preciso ter uma boa reputação, um bom nome. (gostar do que os outros pensam de nós).

Parece senso comum, não é? Estas ideias parecem corretas.

Fomos influenciados a vida toda a pensar que aquilo é verdade e que está certo. Está certo sim, para nos manter prisioneiros para não nos permitir evoluir e fazer coisas novas, viver novas experiências e libertar o nosso potencial.

A minha grande descoberta no campo das influências, foi o facto de podermos escolhê-las.

Eu posso escolher não ver um determinado programa de tv, não vejo notícias por exemplo. Não passo tempo nenhum no café com “amigos” a ver futebol, a falar mal da vida ou a queixar-me de tudo.

Como eu não queria ter a saúde que eles têm, o rendimento que eles têm, o relacionamento com as esposas que eles têm, nem trabalhar como eles trabalham, nem sentir o que eles sentem, decidi que não ia estar onde eles estão, nem ver o que eles vêem nem ouvir o que eles ouvem.

Em vez disso decidi ler livros positivos, ouvir áudios de pessoas que pensam diferente e que têm resultados diferentes da maioria.

Comecei a aproximar-me de pessoas que têm a vida que eu queria ter e a pouco e pouco fui mudando a minha mentalidade.

Então entendi que:

  1. As coisas não são como são, as coisas são como tu és (isto é profundo, voltaremos a este assunto noutra ocasião). Tu tens o poder de as mudar.
  2. A tua vida não depende das tuas circunstâncias mas das tuas decisões.
  3. O dinheiro é abundante. Por onde passa cria riqueza e não desaparece pode continuar a circular e a fazer bem a mais pessoas.
  4. A educação dos teus filhos não é da responsabilidade do professor, mas tua. A tua saúde não depende da opinião do teu médico mas de ti, a tua ligação com Deus e a tua moral não dependem do padre nem a solução dos teus problemas depende do advogado. Tudo está nas tuas mãos. Um profissional de uma área é um consultor e não uma autoridade.
  5. Tu és mais que os outros sim, caso pretendas ter mais resultados que os outros. Segue o teu coração e o teu instinto pelo menos tanto quanto segues o teu raciocínio.
  6. A tua reputação vem da tua consciência não daquilo que os outros pensam de ti. A grandeza de uma pessoa também se mede pelo tamanho dos adversários (e inimigos) que se levantam contra ela.

E isso mudou a minha vida.

Pensando de forma diferente, tomei decisões diferentes e fiz coisas diferentes.

Em consequência… tenho resultados diferentes, claro. Faço viagens para o estrangeiro pelo menos a cada 3 meses com a minha família, tenho o relacionamento que queria, ganho o dinheiro que quero, estou envolvido em projetos sociais e empenhado em passar esta mensagem:

Podes mudar a tua vida. Podes SER, FAZER e TER tudo aquilo que quiseres e Eu sou a prova disso.

O primeiro passo para conquistares o poder de ser fazer e ter o que queiras, é mudares as pessoas que te rodeiam. Escolher as influências que pretendes em vez de aceitares ser influenciado pelo que te aparece à frente.

Para mim foi a comunidade profissional da Empower Network e o grupo dos Lazy Millionaires. Providenciaram-me acesso a todo o treino técnico e todo o treino mental e emocional para me tornar uma pessoa com uma qualidade de vida e um índice de felicidade pessoal invulgar.

Paguei a minha subscrição inicial de 25 dólares para receber a melhor ferramenta de marketing que conheço: o sistema viral de blog. Mas sabia que que, com isso vinha uma equipa inteira de pessoas invulgares, com ideias invulgares e resultados invulgares.

Mudaram a minha vida. Eu mudei a minha vida.

Esta é uma das mais fortes experiências que me levaram a uma vida plena e feliz. Espero que te leve na mesma direcção.

Obrigado por existires.

 

< #7 Adquirir Conhecimentos

#9 Deixar um Legado >

 

5 thoughts on “As 9 Experiências: 8 – Rodear-se de Boas Influências”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.