Boa noite.

Quando alguém está sozinho, consigo mesmo, é quando tem oportunidade de olhar no espelho e encarar a verdade.

É a hora de enfrentar ou de fugir.
É a hora de ser honesto e de chamar os bois pelos nomes.
Ou então é hora de evitar o próprio olhar. Tens escolha.

Eu acho que é hora de procurar os verdadeiros motivos das nossas opções e das nossas ações.

É a hora. Não está ali ninguém e pode-se ser corajoso e enfrentar a verdade.

Se não gostas do que vês,
Se tens o “rabo preso” pela inconsistência ou por causa das aparências, é hora de acabar com as desculpas e seres tu mesmo.

Tal e qual és.
Sem Medos
Sem Culpas
Sem Desculpas.

Este é o meu exercício diário, antes de ir dormir.
E partilho-o contigo.

Não há nada mais libertador do que a verdade.

  • Mais do que o Amor
  • Mais do que a Saúde
  • Mais do que o Dinheiro
  • Mais do que qualquer tipo de sucesso pessoal.

Assumir os brilhos e as trevas.
A luz e a sombra que faz parte de cada um.

Em paz.

E prometer acabar com as Tretas das Desculpas para justificarem o injustificável.

Boa noite desde o Ninho das Águias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.