“Resultou!” – J. Robert Oppenheimer

Quando foi testada a primeira explosão atómica com sucesso, Oppenheimer
afirmou simplesmente “resultou!” sabendo que se tinha iniciado uma nova
era.

Há duas formas de criar grandes mudanças: de forma súbita ou de forma
gradual.

A primeira parece ser uma obra do acaso. Estás muito tranquilo na tua vidinha quando de repente… zás, tudo muda e tu ficas completamente à toa, até conseguires encaixar os novos acontecimentos dentro da tua visão da realidade. O que provoca estes acontecimentos bruscos? Realmente não sei, mas sei que o que eles te provocam a ti depende somente de ti. Podes usá-los para te servirem ou deixá-los para se servirem de ti.

Existem estes relâmpagos que não sabemos de onde vieram, mas quase todas as grandes realizações têm inícios obscuros e discretos, que vão acumulando energia ao longo do tempo até chegar o momento em que explodem.

Isto é verdade para aquilo que te promove, que te serve, e também é verdade para aquilo que te demove, ou que te prejudica.

Por isso toma cuidado com as pequenas acções quando efectuadas de forma consistente (os hábitos), porque sem sombra de dúvida, ou te promovem ou te demovem. Esta é uma lei da natureza e tu podes colocá-la a trabalhar para ti ou contra ti, dependendo do tipo de hábitos que cultivas ou que toleras.

Imagina que tu não queres que te expluda uma bomba atómica no quintal.
Talvez seja boa ideia deixares de andar a fazer experiências com o plutónio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.