“Quem tem a capacidade de te fazer zangar tem um enorme poder sobre ti.” – Elizabeth Kenny

Se conseguires determinar o que faz uma pessoa ficar zangada, poderás influenciar as suas decisões, as suas acções e por fim a sua vida de forma tão forte mas tão subtil que até arrepia.

Escrevo isto hoje para veres se isso não se está a passar contigo.

Quanto controlo tens tu sobre as tuas emoções? Não tens de ter um domínio total, pois faz parte da própria natureza delas um certo grau de “descontrolo”, mas é preciso que saibas que quem quer que tenha o poder de te “tirar do sério” assim como quem te faz sentir eufórico e entusiasmado, tem o poder de te controlar e controla, mesmo que seja inconscientemente.

Não há nada de errado com isso, se essa for a tua decisão.

As relações humanas são assim mesmo: sempre que nos aproximamos de outra pessoa numa relação, abdicamos de uma parte do controlo da nossa vida e colocamo-lo nas mãos dessa pessoa. Está certo, desde que tenhas consciência disso e essa seja a tua opção. Acontece sempre em relacionamentos positivos, como a amizade, ou o amor mas também acontece em relacionamentos menos positivos em que uma pessoa pretende assumir o poder sobre a vida de outra. Nestes casos tu não entregas voluntariamente esse controlo, ele é-te retirado.

A ira é uma das emoções mais fortes e mais difíceis de controlar, por algumas pessoas. Se for o teu caso, se te zangas com facilidade, se gritas com alguém facilmente, fica sabendo que não estás em controlo de uma das mais fortes forças da natureza: a tua emoção.

A pessoa que te faz irritar tanto tem um poder gigante sobre ti e poderá levar-te a fazer coisas que tu não farias. Não falo somente nos relacionamentos pessoais, falo também em todos os aspectos da vida: nos negócios, no trabalho, no desporto e nos hobbies.

Vou dizer-te um segredo, que não é realmente segredo nenhum, mas pode ser que o não saibas: o que faz o teu futuro são as acções do presente.

As tuas acções são ditadas principalmente pelo que tu sentes, não pelo que tu pensas.

Quem comanda as tuas emoções controla as tuas acções e, por via disso, a tua vida.

Já pensaste bem nisso?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.