rui gabriel bloguer ninja faz o que gostas bloga sobre isso ganha dinheiro“Eu NÃO QUERIA comprar aquela casa porque estava muito acima das minhas posses. Seria para nós impossível de pagar.

Então para matar o negócio logo ali, disse ao dono que poderia comprá-la por menos 70 mil euros do que ele estava a pedir.

Porém o que eu fiz foi arranjar um problema!

É que ele fechou o negócio logo ali, eu fiquei em pânico, e, desse pânico veio uma cadeia de acontecimentos que me colocaram em cima deste palco com mais de 500 mil dólares de rendimento.”

(Qualquer resultado económico ou de estilo de vida mencionado neste vídeo ou neste artigo não típicos, nem toda a gente que compra uma casa que não pode pagar fica rico por causa disso. LOL. rendimentos médios de pessoas médias estão em ruigabriel.com/rendimentos)

 

Depois de veres o vídeo vais saber como uma grande dificuldade se converte numa grande abundância que te permite viver 100% da Internet.

No outro dia li uma história de “O Segredo” em que um pai de família comprou uma casa de sonho e depois disso é que se apercebeu de que tinha visualizado no seu “vision board” essa mesma casa, anos antes.

Também vi a história do autor que tinha visualizado o seu cheque de 100 mil dólares, e depois de 1 milhão. E isso tornou-se realidade. E, se conheces a lei da atração e O Segredo, lembras-te de muitas histórias do género tanto no livro como no filme e nas centenas de livros que foram escritos na sequência daquele.

Eu vivi assim, visualizando, imaginando, sonhando acordado com um futuro melhor, mas não tinha qualquer indicação prática do que fazer.

Nem o Como, nem o Quê, nem o Quando e  essa falta de veículos levou-me numa procura incessante que durou anos.

Por isso decidi fazer o que nenhuma das pessoas de “O Segredo” e outros do desenvolvimento pessoal fazem: dar a possibilidade de pegar num formato que funcione, que eles mesmos tenham usado e que qualquer outra pessoa possa usar.

O que eu fiz foi começar por ter este sistema viral de blog e depois aprender como usá-lo através dos cursos da Empower Network e das equipas de suporte da Tribo Lazy Millionaire.

Vais ver como este principio simples da Não Resistência tem o poder de te transformar na pessoa que desejas. Ser, Fazer e Ter tudo o que queiras.

rui super homem
Quase me sinto um Super Homem, com Super-Poderes.

Sou muito sincero contigo, quando descobri isto, senti-me assim como um Super-Homem, com super poderes. Na verdade até comecei a usar t-shirts do Super-Homem e do Batman, porque é assim que me sinto: capaz de realizar qualquer coisa, qualquer sonho, não somente os meus, mas também os de outras pessoas.

É como saberes uma coisa que toda a gente quer saber, mataria para saber, mas não sabe. Tu é que sabes e contas a quem tu quiseres. Como se não houvesse limites para o que podes conseguir e ajudar outras pessoas a conseguirem.

Consegues imaginar-te a ter este poder? O poder de gerares dinheiro quando quiseres? O poder de proporcionar uma solução para a vida de uma pessoa ao teu lado que tu desejas ajudar?

Há poucas coisas que me dêem mais felicidade do que isso. Saber que posso fazer a diferença e fazê-lo. Esse é o único motivo que me leva a escrever este blog. A mostrar que existe uma luz ao fundo do túnel. Que podemos ser, fazer e ter tudo aquilo que desejamos, e, mais importante do que isso, providenciar para ti todas as ferramentas e todo o treino que eu mesmo tive e que me trouxe tantos sucessos.

Não posso fazer a tua parte por ti. Tens de ser tu a fazê-lo. Mas posso-te mostrar por onde começar e o que fazer a seguir.

  • Começas aqui

  • Falas comigo no skype em seguida (meu skype: rui-gabriel)

Só isso. Avançamos a partir daí. Está bem para ti?

 

 

3 thoughts on “Como a Compra de Uma Casa Impossível de Pagar Mudou As Nossas Vidas”

  1. Pingback: 11 Ideias Perigosas De Senso Comum Que Parecem Verdadeiras

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.