“Expões-te voluntariamente ao teu medo mais profundo; depois disso, o medo deixará de ter qualquer poder sobre ti. O medo da liberdade desvanece-se. És livre.” – Jim Morrison

O “medo da liberdade desvanece-se”? Quem é que tem medo de ser livre?

Primeiro interessa saber o que é a liberdade. Acho que tem definições diferentes de acordo com a tua situação actual.

  • Se estiveres preso, liberdade será vires para a rua.
  • Se viveres numa ditadura, liberdade será poderes exprimir a tua opinião.
  • Se passares os teus dias amarrado pelas dívidas, liberdade será o pagamento dessas dívidas.
  • Se sonhas com viagens, casas, carros, jóias, liberdade seria poderes comprar todas essas coisas.
  • Se desejas ser um actor ou um médico ou um músico, liberdade seria poderes dedicar-te à tua paixão.
  • Se não tens tempo livre, liberdade seria seres senhor do teu tempo.
  • Se não tens saúde, liberdade seria teres toda a qualidade de vida que ambicionas.

Até aqui tudo certo, mas porque terias tu “medo da liberdade”?

É que a prisão em que te encontras (ver lista acima) é somente o resultado das tuas acções, e estas dos teus hábitos e estes da tua mentalidade. Para gozares da tua Liberdade Prometida, terás de mudar tu mesmo essa tua mentalidade e os teus padrões de acção. Até podes achar que as tuas prisões actuais foram causadas pelo acaso, ou pelo governo, ou pela crise ou pelo azar. Mas, de facto, quer queiras quer não, foram causadas por ti mesmo.

Tu achas que queres ser livre. Mas tens um medo terrível dessa liberdade que vem mexer com tudo o que tu consideras sólido na tua mentalidade, vem revirar-te do avesso.

Contudo precisas de chocalhar o teu mundo, enfrentar os teus medos e inseguranças. Expandir a mente!

Não tens outra forma de ser livre e, digo-te, a liberdade é a coisa mais doce do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.