“Os músicos não se reformam. Param quando se esgota a música dentro deles.” – Louis Armstrong

Esta é uma das coisas mais bonitas que já ouvi. Mas não são somente os músicos.

Eu penso que tu e eu seremos felizes se, quando pararmos, tivermos esgotado todas as notas dentro da alma, tivermos composto todas as sinfonias, fados, rockadas, pimbalhadas e todo o tipo de música em cada circunstância das nossas vidas.

Acho que andamos todos no conservatório, a aprender a pôr cá para fora a música que dança dentro de nós, a dar-lhe expressão diária, até que um dia esprememos a última nota e terminamos realizados e felizes.

  • Consegues imaginar o peso que seria terminar com a alma cheia de canções de embalar não cantadas e estar a ouvir os choros das crianças, ou com o peito cheio de canções de amor e lamentar-se de não ter nem ser amado?
  • Ou pior ainda, imaginas terminar com valsas felizes a voar dentro de ti, mas que nunca tiveram expressão enquanto ouves os lamentos do mundo que entristeceu?

Descobre as tuas sinfonias, escava fundo, limpa as orelhas, apura o ouvido e ouve a tua música. Depois dá-lhe expressão, todos os dias, todos os dias. Não termines um dia sem teres manifestado todas as notas desse dia, não acordes de manhã sem teres cantado todas as melodias dessa noite.

Artigo Relacionado: O Poder do Teu Propósito

Que nenhuma canção tua fique por cantar, nenhum talento sem expressão.rui gabriel bloguer ninja faz o que gostas bloga sobre isso ganha dinheiro

Para mim, o blog é uma das maiores e melhores formas de expressão. Permite viver uma vida boa blogando sobre o que se gosta (sistema do Bloguer Ninja). Por isso a uso e me traz tanto apreço, reconhecimento e dinheiro.

É esse o objectivo da tua vida: tocar o teu instrumento de forma sublime, como só tu podes tocar, e fazer desta orquestra que é o mundo um lugar afinado pelos anjos.

Talvez esteja na hora de ires buscar o(s) teu(s) velho(s) talento(s) e sonhos e trabalhares sobre eles, talvez tenha chegado a altura de perderes a (falsa) modéstia e saltares para a ribalta para interpretares a tua partitura como solista.

Não se trata de ti nem do teu ego, mas de devolver ao mundo aquilo que não te pertence, só te foi emprestado para te fazer feliz.
Faz da tua vida a música do mundo!

 

 

  Artigos Relacionados: SLabirintoDaVidaair do Labirinto e Encontrar o teu Propósito

  

5 thoughts on “Dá-me Música – O Que É Realizar O Teu Potencial?”

  1. Olá, Rui!!

    Adorei essa postagem. Sendo eu (sem falsa modéstia) uma artista, sinto a necessidade de externar todos esses sons que, se reprimidos, angustiam.
    Sábias palavras. Palavras bem colocadas.
    Obrigada!! E salve a Música!!

    1. Fernanda. Obrigado pepelao teu comentário e um abraço especial para todos os músicos. Tenho um sonho de fazer uma banda Lazy Millionaires. Um dia vou conseguir mobilizar os músicos para envolvermos milhares de lazy nesta coisa tão incrível que é a música.
      Já temos variados músicos no grupo mas a banda ainda não nasceu. Um dia Muito em breve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.