“O juro composto é a maior invenção da humanidade” – Albert Einstein

O Jacinto de Água (Eichhornia Crassipes) é uma espécie vegetal aquática que tem uma particularidade: ocupa toda a superfície de espelho de água disponível em pouco tempo de forma surpreendente: duplicando-se.

Assim, um dia olhas para uma lagoa e vês umas folhinhas inocentes à beira de água, 28 dias depois um quarto da lagoa está coberta e dois dias depois toda a superfície está verde, não vês sequer uma nesga de água.

Esta planta extraordinária ensina-nos o fantástico poder da duplicação, começando com duas folhinhas, ou a leitura diária de 10 páginas de um livro, ou um cêntimo posto de parte, se usares a alavancagem de um “sistema de duplicação” poderás tornar a tua vida num sonho aparentemente impossível, mas facilmente realizável.

Imagina a seguinte situação. Os números que eu apresento são baseados em estatísticas verdadeiras:

Eu encontrei um sistema duplicador. Tenho-o. Funciona. Eu estou tão entusiasmado com a descoberta que pego na minha lista telefónica e de email e envio esta informação para toda a gente, tu incluído: “dá-me um cêntimo e trabalha 18 horas por dia fazendo o que eu te disser. Daqui a 31 dias terás mais de 10 milhões de euros.” Se eu enviar esta mensagem para 1000 pessoas, 900 apagam pensando ser um esquema qualquer, 90 lêem a mensagem mas não acreditam e 10 ficarão interessadas em saber como a coisa funciona. Eu explico que têm de colocar um cêntimo na caixa e trabalhar 18 horas por dia fazendo o que eu disser (o sistema duplicador). Depois da explicação das 10 pessoas interessadas ficam 8. Todas entram com o cêntimo e recebem a formação e informação necessárias para começar.

Depois do primeiro dia, 18 horas de trabalho intenso, as 8 pessoas vão à caixa e vêem lá o seu cêntimo acompanhado por um outro. No dia seguinte, mais 18 horas de trabalho, estão lá 4 cêntimos. Ao final de 5 dias seguidos, cansados os futuros milionários olham para a caixa e estão lá 16 cêntimos.

Vem o fim-de-semana. Dos 8, seis querem descansar, afinal é fim-de-semana. Contudo não podem, têm de passar o Sábado e o Domingo a trabalhar as mesmas 18 horas. A vida deles estava a resumir-se a trabalhar, comer (pouco) e dormir (muito pouco).

Passou a segunda semana, 14 dias de trabalho sobre-humano e cada um tem pouco mais de 80 euros na caixa (81,92€). Falam com amigos e todos se riem deles, foram bem enganados! Depois de tanto trabalho, alguma fome e muito sono não ganharam nem para comer durante uma semana!

Nesta altura, cansados e desiludidos eles começam a desistir, primeiro um, depois outro. Antes do vigésimo dia só 3 se mantêm firmes. Nesta altura a caixa tem 5.242€ e uns cêntimos. Depois de trabalharem tantas horas durante 20 dias, dois acham que não vale a pena mais esforço. Nunca tiveram tanto dinheiro e vão embora gastá-lo, felizes. Fica um.

Este está disposto a correr o quilómetro extra. Depois de todos terem abandonado a corrida, satisfeitos com o resultado ou não, ele não desarma até confirmar ou desmentir a sua convicção. Pode estar errado, mas ele quer tirar tudo a limpo e está disposto a pagar o preço.

No dia 24, somente quatro dias depois de os últimos terem desistido (e terem levado 5 mil euros com eles), a caixa dele tem 83 mil euros, no dia 28 ultrapassou o milhão (1.342.177,28€), no dia 30 ultrapassou os 5 milhões (5.368.709,12€) e no dia 31, fim do mês, este último resistente leva para casa mais de 10 milhões de euros.

É isto que faz o Jacinto de Água: durante quase todo o tempo não se nota a evolução.

Muito trabalho e pouco resultado.

Então, de repente em poucos dias tudo explode. Nós chamamos a este fenómeno o “momentum”.

É como se fosse energia acumulada que se liberta num segundo e lança ondas de choque positivas em todas as direcções.

Não sei bem que lição retirar reste post. Tira tu a tua. O que eu penso é que não vale a pena perder muito tempo e energia trabalhando sem sistema duplicador. Por outro lado, com ele todo o esforço vale a pena, durante o tempo que for necessário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.