“O mundo é um grande espelho.” – Thomas Dreier

Penso que a tarefa diária mais importante que uma pessoa de sucesso tem de cumprir é decidir se o mundo é inimigo ou amigo.

Com base nessa decisão vais tomar decisões e agir para te defenderes (“modo sobrevivência”) ou para ajudares (“modo contribuição”).

A diferença é que:

– Quem vive em modo de sobrevivência está preocupado com o que não tem: não tem amigos, dinheiro, amor, sucesso. E vê o mundo como um local em que para se conseguir algo, esse algo tem de ser tirado de outra pessoa. Vive em competição, stress, medo de não conseguir e, curiosamente, todo o mundo se protege desta pessoa tornando para ela muito difícil conseguir o que pretende. É como se quisesses tirar um doce a uma criança: quanto mais te esforças mais ela o agarra.

ajudar– Quem vive em modo de contribuição não se preocupa com o que não tem porque sabe que vai ter em breve: sucesso, amor, dinheiro, amigos. E vai conseguir isso ajudando outras pessoas a consegui-lo também, desfrutando as pequenas vitórias. Quando és generoso e colaborativo tens imensamente mais probabilidades de encontrar generosidade e colaboração.

Não sabes bem se estás em modo de sobrevivência ou contribuição?

Teste rápido: diante de uma crise por exemplo no local de trabalho, ou na vida familiar ou de negócio, qual o teu primeiro pensamento?

  • “O que tenho eu a ganhar/perder com isto?” ou
  • “Como posso eu ajudar?”

Da tua escolha depende o teu mundo: o teu mundo é o teu espelho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.