“A arte comunica aquilo que tu estás na disposição de receber.” – Larry Rivers

Diz-se que a arte imita a vida. O que sentes quando vês um quadro ou escutas uma música ou lês um livro é incomunicável. Só tu sabes. E, se tentares explicá-lo irás fazê-lo de forma tão subjectiva que terás de usar… arte e os seus múltiplos e inesperados significados.

A vida imita a arte: de toda a paleta de significados de toda a paleta de acontecimentos, para ti e só para ti, existe uma interpretação. Essa é a tua, só tua e nada tem a ver com a realidade, somente contigo.

Por isso fica tranquilo porque nada do que tu observas, interpretas, entendes do mundo tem algo que ver com o mundo, mas contigo. E, sendo assim, mudas o mudo mudando-te a ti mesmo.

Não é tão fixe?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.