Imagina um gajo que ganha menos de 1000 euros por mês, decidir que queria ganhar 1000 por dia… Ridículo, não?

Eu também acho.

Toda a gente que me conhecia achava ridículo, tirando a minha família que acreditava em mim apesar de duvidar que esse sonho pudesse ser realidade.

Artigo Relacionado: Ter Um Sonho Ridículo Faz Bem à Saúde

A verdade é que acho que tudo o que conseguimos imaginar podemos realizar. Creio que o que está na nossa mente pode estar na realidade se tivermos a determinação de reunir os recursos e os aliados que fizerem falta e fizermos a ação necessária durante o tempo que for preciso.

O fracasso numa realização vem sempre, pela minha experiência, de erros que cometemos em algum destes aspetos:

– Não começarmos a agir.

– Agir “a medo“, a tentar, a ver se vai dar…

Não pedir ajuda nem reunir aliados.

– Pedindo ajuda e reunindo aliados, agir como se eles não estivessem ali e não trabalhar em conjunto.

– Focar nas dificuldades, mesmo depois de superadas.

– Desistir.

Artigo Relacionado: As 7 Prisões da Mente que Escravizam uma Pessoa

O sucesso numa realização, por oposição, vem sempre:

– Da ação massiva rápida, consistente e persistente.

– De dar o máximo, trabalhar para realizar e não para tentar.

– Pedir ajuda e aceitar ajuda

– Trabalhar em equipa, ajudando os outros nas suas realizações enquanto permitimos que nos ajudem a nós.

– Focar no positivo. Dificuldade superada está superada não precisas continuar a dizer o quão difícil foi…

– Nunca desistir do sonho, apesar de poderes desistir de um método para arranjar outro.


Download Audio

6 dígitos era aquilo que eu queria ganhar num ano, não é?
100 mil euros por ano.
Mas depois, esqueci completamente aquilo, porque pensei
“Isto Nunca Vai Resultar, Nunca.”

Então esqueci aquilo tudo…
e, quando eu já tinha esquecido:
Pumba! Comecei a ganhar o dinheiro
o que é uma coisa muito gira:
A gente esquece o objetivo e foca-se no trabalho
-“Esquece lá o Objetivo!”
e, de repente:
PUM! JÁ ESTÁ!

Artigo Relacionado: Como Ter Sucesso Sem Traçar Objetivos

Às vezes estás tão focado no objetivo
que depois esqueces de fazer as coisas
que deverias fazer, ou seja:
Faz Coisas Para o Imediato:
-“Ok, Isto Leva-me Lá?
Não? Não Faço”
Isto Leva-me Lá?
Não? Não Faço”
Isto Leva-me Lá?
Não? Não Faço”.

Mas se tiveres o Objetivo FORA DAÍ: TENS UMA DIREÇÃO
É pá: Fazes Aquilo…
… Não estás bem a ver
como é que aquilo te vai levar lá
mas fazes, porque é uma coisa boa
que tu estás interessado em fazer.

E depois, lá à frente
vais a ver que afinal aquele era
o caminho que deverias ter seguido!

Mas enquanto só tinhas o objetivo na cabeça
e só fazias coisas que tu vias
que te iam levar lá,
estavas só a olhar para onde estavas a pôr os pés,
as coisas estavam a bloquear-te o caminho.

Realmente as coisas que nós temos de fazer
estão num contexto mais abrangente
que muitas vezes nós próprios não entendemos
como é que aquilo nos vai levar lá,
mas há aqui alguma intuição a trabalhar.

 

Se me permites partilhar contigo este pensamento pessoal:

Isto aconteceu comigo: os 1000 euros por dia que sonhava realizar, tornaram-se realidade 6 meses depois de ter tomado essa decisão.

Lutei. Reuni recursos e aliados que nem sabia que existiam antes de tomar a decisão e isto eu aprendi:

– Esperar ter um plano todo delineado para tomar uma decisão é como esperar que a criança nasça para decidir ter um filho. Nunca irá acontecer. 

E isto é assim porque, enquanto estás a procura de soluções, depois de tomares a decisão, aparecem-te recursos e aliados que não sabias que estavam ali.

Artigo Relacionado: Primeiro a Decisão, Depois a Solução

O universo quer saber se estás ou não determinado antes de te dar os recursos. E a única forma que tem de saber a tua determinação é se tu tomaste a decisão e começaste a agir mesmo sem saber bem ainda o que fazer ou decidiste e começaste a fazer o teu melhor mesmo sabendo que não tens todo o tempo, dinheiro e conhecimento de que irás precisar.

Encostas Deus à parede: “Inspiraste-me este caminho, estou a fazer a minha parte, agora, se fazes favor, faz a tua.”

Acho que é isto que Deus, ou o Universo quer ouvir de ti.

 

 

 


Gostaste deste artigo? Estes também te vão interessar!
>> Sonhar Alto Pode Ser Perigoso?
>> O Pato Lixou-se: Os 3 Passos Para Tomares Sempre as Melhores Decisões
>> Há Uma Vida Alternativa Possibilitada Pela Nova Liberdade Digital
>> Porquê 90% Falham e Somente 1% é Rico?
>> [Bom Dia} Quanto Vale o Teu Bloco de Notas?

 

One thought on “Imagina! Eu Queria Ganhar 6 Dígitos Por Ano!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.