“Uma revolução somente dura quinze anos, o que coincide com o período de efectividade de uma geração.” – Jose Ortega y Gasset

“Mas os seus efeitos duram para sempre”, completaria eu.

Se pretendes fazer uma revolução na tua vida ou à tua volta, dar corpo aos teus sonhos, realizar os de outras pessoas, apressa-te a iniciar porque tens 15 anos para a realizar.

Passado esse tempo, passada a paixão, os resultados ou estão conseguidos ou nunca mais o serão.

O que andaste a fazer nos teus últimos 15 anos?

A lutar, evidentemente. Mas a lutar para quê?

Para tomares o poder e o controlo da tua vida e da tua liberdade ou para sobreviver?

Pensa bem, e pensa se não terá chegado a hora de chegares às margens do teu Ipiranga e de gritar o teu compromisso com a tua independência. Reúne os teus aliados, apetrecha os teus combatentes, cerra os dentes, firma as botas no chão. “É desta!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.