“As consequências da ira são mais graves que aquilo que a causou.” – Marco Aurélio

Acho que não preciso de falar muito acerca disto.

Fica somente com esta ideia: quem tem a capacidade de te irritar, tem um poder sobre ti que tu, desconfio eu, não quererias dar-lhe se tivesses consciência disso.

Se pensares que o que te leva a compreender algo é maioritariamente o raciocínio, e que o que te leva a agir é maioritariamente a emoção, entendes que quem tem o poder de ligar as tuas emoções, a ainda por cima, exuberantes como a ira, terá também o poder de te por a fazer coisas que tu não farias se fosses o senhor das tuas emoções.

Pessoalmente gosto da frase do Wayne Dyer: “se tiver de escolher entre ser amável e ter razão, escolho ser amável.”

Ele entendeu que quem controla a ira controla a paixão e por via disso a acção.

Se entregares esse poder a outra pessoa, pelo menos que o saibas. É por isso que to estou a dizer hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.