Podes ser o maior génio do mundo, mas sem marketing pessoal, vales, para o mercado, tanto como o maior idiota do planeta.

Já tiveste a sensação de “Eu valho muito mais do que ganho” ou “Não reconhecem o meu valor”? Neste artigo vais aprender como “esfregar” na cara do mundo que tens valor e que os outros, se te quiserem, vão ter de pagar muito caro!

Ontem escrevi sobre “Como Aumentar o Teu Valor Pessoal“. Quando tens uma prática diária de aprendizagem, começas a acumular uma quantidade de conhecimento impressionante, a adicionar Valor à tua pessoa. É o início do teu marketing pessoal.

Contudo precisas saber como Comunicar esse valor, tornar-te “disponível para uso” no mercado. Se fosses uma mercadoria (que és) diríamos que a comunicação do valor é ao mesmo tempo a publicidade e a tua distribuição como produto. Se um produto for incrivelmente bom mas não estiver acessível para as pessoas poderem comprar não tem qualquer valor de mercado.

No teu marketing pessoal a comunicação do teu valor precisa de dois pressupostos:

1- Canais.

Até há uma década atrás, somente grandes empresas podiam deter meios de comunicação em massa. Estações de rádio, televisão, jornais e revistas. Milhões e milhões de euros e milhares e milhares de pessoas envolvidas.

Hoje uma pessoa individual, quase sem qualquer custo e sem precisar de competências por aí além pode ter quantos canais de televisão quiser (Youtube por exemplo), jornais, revistas (blogues, eu tenho por exemplo, este que estás a ler que usa a plataforma KALATU e se compra aqui), Microblogging como Twitter, gerir redes de relacionamentos como o Facebook, Google+ e fazer networking com quem quiser de forma instantânea, usando o Linked-in, por exemplo. Tens ainda montanhas de locais onde comunicar com pessoas e partilhar ideias: Pinterest, Slideshare, Issuu, Scribd, Soundcloud ou Tumblr

O que alguns dizem que “Há uma Crise” e há, mas é fantástica porque é sinónimo de mudança. Hoje tu podes fazer Marketing Pessoal como antes as empresas faziam marketing corporativo. No teu Marketing Pessoal podes comunicar com a tua audiência, e mais do que isso podes envolver a tua audiência de formas impossíveis há poucos anos atrás.

2- Conteúdos.

Agora vamos à questão que complica a carreira de muitos Internet Marketers ou outros profissionais. O que dizer?

a) Em primeiro lugar precisas conhecer a tua audiência. Vê este vídeo sobre o tema das audiências e dos nichos.

b) Depois precisas criar hábitos de produção de conteúdos. Quanto maior a variedade de meios e maior a disseminação (“syndication”) mais impacto tens no mercado e maior é a tua influência.

Lembra-te: Melhor Marketing Pessoal = Maior Influência = Mais Sucesso.

Falemos dos conteúdos. Pessoalmente, nos últimos 4 anos publiquei mais de 1000 artigos em diversos locais, uns meus outros de outras pessoas, fiz mais de 200 vídeos, áudios e apresentações online e offline, centenas de powerpoint e incontáveis horas de reuniões de formação online, ao vivo.

Vou explicar-te como faço para produzir tanto material de qualidade (na minha opinião, claro).

Comecemos por aquilo que mais contribuiu para o meu Marketing Pessoal: O método que uso para comunicar. Se achares útil, podes copiar a ideia.

1º Tomar uma decisão de publicar diariamente, nem que seja um “boa noite”. Nunca, mesmo nunca ir dormir sem ter publicado.  Vais ver que a inspiração é como a fome: vem quando se começa a comer.

2º Ter assunto. Precisas estar atento ao que te rodeia e ter opinião sobre as coisas. Tenho sempre comigo um caderno de capas rijas onde tomo notas de tudo. Todas as ideias, opiniões. No final do dia tens ali uma enorme quantidade de coisas para dizer.

3º Ler. Todos os dias. Há uma parte do teu dia que tem de ser dedicado ao estudo, aprendizagem, leitura. Contacto com os mentores, com as tuas influências. Toma notas no teu caderno. Para teres conteúdo de valor no teu marketing pessoal, tens de o adquirir primeiro.

Uma das melhores formas de aprender escrita é a ler, contudo a nossa escrita como Internet marketers não é literatura. A nossa escrita é uma escrita funcional: tem um objectivo de marketing. Por isso não é nada mau aprender algumas técnicas de escrita magnética (aproveita para subscrever o meu canal do Youtube, se achares interessante) que levem o leitor a conectar-se contigo a um nível mental e também emocional e, claro que o levem à acção: inscrever-se, comprar, clicar, etc.

5º Escrever todos os dias. Mantém vários artigos no formato “rascunho”. Não precisas começar e acabar todos os artigos de uma assentada. Quando chegar a hora de publicar, podes escrever um artigo do início ao fim, ou podes escolher um dos rascunhos e terminar o artigo com meia dúzia de penadas.

É preciso uma grande disciplina? Uma enorme força de vontade? Não. É preciso somente o hábito. Quanto mais vezes fizeres isto mais fácil se torna.

O que mais gostaste deste artigo? Queres Comentar?

Com o Marketing Pessoal, valorizaste-te e comunicaste valor ao mercado, estás no bom caminho. Só te falta “Monetizar“, ou seja: transformar tudo isto em dinheiro.

11 thoughts on “Marketing Pessoal – Comunicar o Que Vales”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.