“Para ter sucesso não é preciso matar um leão por dia mas sim desemperrar uma porta”. – Monica Bolini

Uma pessoa amiga, escreveu hoje no seu blog esta frase que muito me tocou.

Há pessoas que dão tudo por tudo, colocam toda a energia, força e determinação num projecto e num objectivo. Matam um leão por dia, são gigantes entre iguais.

Durante quanto tempo fazem isso? Quanta determinação, energia e persistência possuem? Muita sim, mas de elevado desgaste. É muito cansativo matar um leão uma vez, imagina fazer isso todos os dias! Depois de algum tempo estão cansados e , eventualmente, um leão acaba por matá-los a eles.

Estes são mártires da falta de informação e da falta de orientação. Não podes correr uma maratona como se fosse uma corrida de 100 metros e a vida, digo-to eu, é uma maratona.

Depois há os corredores de fundo. Os desemperradores de portas. Usam de persistência, paciência sem limites, de criatividade, de astúcia e de perícia.Em vez de se matarem a matar leões, usam o seu tempo, abrindo portas, por muito enferrujadas que se encontrem.

Estas pessoas progridem muito, mas não se nota assim à primeira vista. Numa determinada altura parece que os matadores de leões são os heróis, mas o tempo passa e os matadores vão desistindo enquanto os desemperradores vão progredindo.

O interessante é que, com o tempo, estes desemperradores acabam por conseguir caçar todos os leões, atingir enormes objectivos, conseguir grandes feitos. Passo a passo, sem pressas, mas sem paragens.

Eu tenho de ser sincero. Eu, por natureza, sou mais inclinado para avançar e partir a loiça toda do que andar com diplomacias, mas tenho de te dizer isto: parte a loiça de vez em quando, mata o teu leão se te aparecer a oportunidade e a necessidade, mas não te deixes iludir, o que te faz grande não é o tamanho do leão que mataste, mas a largura da porta que abriste.

Obrigado Monica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.