“Para ser bem-sucedido na vida no mundo de hoje, tens de ter a vontade e a
tenacidade de completar as tarefas.” – Chin-Ning Chu

Todos sabemos bem quando um tarefa está terminada: quando cumpre o seu propósito. Contudo muitas vezes não sabemos quando ela se inicia e, como não temos essa informação, nem sequer sabemos se a estamos ou não a executar.

Dou um exemplo:

Um dia avaliaste um aspecto da tua vida e sentiste que precisavas de fazer alguma coisa a esse respeito: deixar de fumar, perder peso, achar uma fonte de rendimento adicional, escrever um livro, fazer uma viagem, criar ou melhorar um relacionamento, fazer um curso, sei lá.

Nesse dia iniciaste uma tarefa que necessita de ser completada. Mesmo que não o saibas, se sentiste a necessidade de fazer alguma coisa a respeito de alguma coisa, iniciaste o teu caminho nessa direcção. E essa tarefa precisa de ser completada para poderes ter sucesso na tua vida, não somente nesse aspecto dela, mas em todos os outros.

Imagina que sentes a necessidade de aprender alguma coisa que te complete.

Dizes: “eu gostava de aprender inglês“, por exemplo. Tudo o que tu fizeres que te afaste da realização dessa tarefa está a complicar a tua vida em todas as dimensões.

Se achas que não tens tempo ou dinheiro para isso, faz um plano para teres ambos daqui a um “x” tempo.

Se pensaste:

  • “gostaria de ter tempo para passar com a família”, ou
  • “preciso de tirar umas férias com os amigos”, ou
  • “preciso de mudar alguns hábitos”, ou ainda
  • “falta-me uma dimensão espiritual”,

se pensaste em alguma destas coisas e sentes que é isso mesmo, que corresponde com a tua sensibilidade e a simples ideia te faz sentir bem, então não tens como não fazer o impossível para concluíres essa ou essas tarefas que acabaste de iniciar dentro da tua mente.

Não as podes deixar por concluir porque isso faz da tua vida uma “meia-vida” e, acho eu, não queres chegar aos 80 anos sentindo que não viveste nem 40 e que afinal, estás ainda demasiado novo e ainda te falta tanta coisa para fazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.