“Para mudar o mundo basta uma pessoa que tenha realizado o seu potencial.”

Uma história:

Uma criança andava a cirandar pelo jardim enquanto o pai lia o jornal. “Brinca comigo papá!”, pedia ela, mas o pai estava demasiado entretido na leitura para lhe prestar atenção. “Brinca comigo!” insistia.

Havia naquele jornal um anúncio de página inteira que tinha o globo terrestre. O homem então teve uma ideia para calar o miúdo. Rasgou pelo contorno o globo até ficar com um círculo perfeito nas mãos, a Terra com os seus continentes.

Em seguida rasgou tudo em pedacinhos pequenos e entregou-os ao filho. “Toma, reconstrói aí o globo terrestre!”, pensando que iria demorar uma eternidade. Sabia que o filho nem sabia bem a configuração dos continentes!

Contudo os adultos têm a mania de subvalorizar o foco e a determinação das crianças, e foi o que aconteceu. Depois de um minuto o garoto gritou para o pai “acabei! Está tão bonito, vem ver!”. O pai, enfadado pela interrupção mas cheio de espanto e curiosidade foi ver.

Achou o globo perfeitamente reconstruído. “Como é que fizeste?” perguntou. “Simples, do outro lado havia uma fotografia de um homem. Quando juntei todos os pedacinhos e refiz o homem o mundo ficou reconstruído também.”

O mais interessante é que a foto que estava por detrás do mundo destruído era a tua.

Se te tornares naquilo que és, se realizares todo o teu potencial, recuperas o mundo todo.

Todas as pessoas que mudaram a face da Terra eram pessoas comuns que exprimiram tudo aquilo para que foram criadas: Zoroastro, Lao Tsé, Confúcio, Buda, Jesus Cristo, Maomé, São Francisco de Assis, Madre Teresa, são nomes conhecidos, Maria, António, Manuel, João, Rui, Suzete, Luísa, André, e muitíssimos outros, que não aparecem na televisão, fazem milagres no dia-a-dia realizando-se como pessoas, nos seus trabalhos de forma generosa.

Seguir o exemplo dos grandes, significa extrair a grandeza que está colocada dentro de ti, nada mais.

Essa é a tua única responsabilidade, a tua única missão: dar expressão a todo o teu potencial, completares-te. Assim completarás o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.