“Se você trabalhar nos seus objectivos, os seus objectivos irão trabalhar em si.” – Jim Rohn

Não me canso de rever as minhas notas dos seminários com o Jim Rohn porque encontro sempre uma luz diferente de cada vez que as leio. Ele explica como é que o nosso trabalho sobre as coisas nos constrói a nós e, ao mesmo tempo, como a negligência nos destrói.

Uma pequena negligência aqui, outra ali, daqui a cinco anos estás numa  situação difícil e nem sabes como lá chegaste. Culpas a sorte, ou a falta dela, a crise, o governo, os amigos, família, clima e o padre e nem te apercebeste de que foram as tuas pequenas negligências que te trouxeram o infortúnio.

Do mesmo modo as tuas diligências, pequenas, fáceis mas pontuais, te vão transformando numa pessoa melhor, mais valiosa, mais merecedora e, em consequência, mais bem-sucedida.

Imagina um atleta de maratonas. Durante os treinos, achas que ele considera 20 metros de corrida uma perca de tempo? Ou mesmo 2 metros? Não te parece que ele valoriza cada centímetro percorrido, cada pé pousado no chão? Ou achas que ele pensa que não vale a pena correr 1 Km porque “eu sou atleta de maratona”? Eu garanto-te que não. Ele corre 10 m, ou mesmo 1 metro com empenho e determinação e sabe porquê.

Pensa no teu sucesso como uma maratona. Podes aprender tudo sobre a história da prova, como os gregos venceram os persas há 23 séculos atrás e de como um mensageiro percorreu os mais de 42 Km para dar a notícia da vitória aos gregos para cair morto em seguida. Interessante. Podes ainda avaliar como esta prova se tornou um símbolo dos jogos olímpicos modernos, saber de cor todos os vencedores em todas as maratonas do mundo, saber as reacções químicas que ocorrem no corpo do atleta durante tanto e tão prolongado esforço, fazer um estudo acerca da melhor alimentação, das bebidas que devem ser ingeridas e a que intervalos.

Ficas o maior especialista mundial de maratonas. Mas deixa-me que te diga: nunca irás trazer uma medalha para casa.

Enquanto não te comprometeres com o teu objectivo, fazendo as pequenas coisas diligentemente (a coisa certa na hora correcta) nunca terás sucesso em coisa nenhuma.

Considera que tudo o que fazes é treino para o futuro.

Ou treinas para o sucesso ou para o fracasso.

O melhor é que não precisas que te digam que acções te levam a um lado ou a outro, como o atleta sabe que, se treinar e cuidar de si está a trabalhar no seu objectivo e este a trabalhar em si, e se passar o tempo a beber cerveja e a ver TV sentado no sofá está a negligenciar o objectivo e a destruir-se a si como atleta

Parece-me muito simples ser bem-sucedido e tu sabes exactamente o que fazer.

Se não souberes procura um “treinador” que te dê um plano de treino que possas executar diligentemente.

Descobrirás que, enquanto modelas o teu objectivo, ele te modela a ti.

Termino com uma outra frase de Jim Rohn ouvida da sua própria boca:

“Depois de teres atingido os teus objectivos verás que isso é pouco importante: o importante mesmo é a pessoa em que te tornaste no processo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.