Olá, o meu nome é Rui Gabriel e sou co-fundador da Lazy Millionaires League da Empower Network.

Hoje vou falar do funil de marketing.

Toda a gente ligada ao internet marketing já ouviu falar do funil de marketing. Se você não ouviu ainda, esta será a primeira vez mas, sem funil de marketing realmente não há grandes resultados. É obrigatório.

O funil de marketing é como se fosse a sua loja na internet, e você pode compôr esse funil com todos os produtos que bem entender. Podem ser produtos próprios, podem ser de afiliados, de outras pessoas, não interessa. Mas estou a falar de produtos digitais.

Qual é a imagem do funil?

É fácil de entender: tem uma boca muito larga de um lado, uma boca estreitinha do outro e tem um percurso, um processo.

É isso que acontece nos nossos negócios na internet e vai acontecer ou está a acontecer no seu.

Muitas pessoas que se inscrevem na sua lista, que estão interessados em receber informações que você tem para dar, (são a sua audiência), algumas delas compram alguma coisa de baixo valor, depois algumas delas compram coisas de outras pessoas que você recomendou e vão lhe dando rendimento a si, uma vez e outra e outra e outra.

Então a forma de você gerir o seu funil é a forma de você gerir o seu negócio, é precisamente a mesma coisa.

Muitas vezes esquecemos que a gestão do funil de marketing realmente não é a gestão de coisas, mas uma gestão de pessoas.

O sucesso do funil depende do sucesso da sua relação com as pessoas da sua lista.

Então, o que está subjacente ao bom resultado que você pode ter nas suas estratégias de venda online, é a relação que você conseguiu criar com a sua lista através do envio de conteúdo gratuito e das informações que você foi enviando a essas pessoas.

É aqui que está o segredo para o sucesso do seu funil de marketing. Na relação que consegue criar com a sua lista.

Agora não se esqueça de uma coisa: as pessoas que o fazem a si gastar mais tempo, normalmente não são as pessoas que lhe dão a si mais dinheiro.

É preciso você saber distinguir muito bem as duas coisas, para você não gastar tempo com pessoas que não estão interessadas em realmente fazer aquilo que dizem que querem fazer.

Há pessoas que lhe pedem ajuda para fazer um blog e você pode ajudar, mas depois elas não vão fazer o blog. Ficaram com o conhecimento mas não ficaram com a prática.

Então você deve escolher muito bem quais as pessoas com quem se vai relacionar a um nível mais pessoal.

Para mim existe uma regra muito simples: o aumento do compromisso da parte das pessoas na minha lista, proporcionalmente aumenta o comprometimento com essa pessoa, a nível cada vez mais pessoal e personalizado.

Se a única coisa que uma pessoa fez foi inscrever-se na minha lista, vai ter um “tratamento” bastante automatizado. Mas, à medida que se vai aproximando, comprando coisas, vai-se interessando, vai participando, vai-se envolvendo, então vai tendo um acompanhamento cada vez mais personalizado.

Esta é uma regra de ouro para evitar você perder tempo com pessoas que realmente dizem que fazem, mas não fazem. E, por outro lado, usar o seu tempo com pessoas de muito valor que têm o direito de exigir de si o máximo que você possa dar, porque estão a dar-lhe o seu dinheiro, apreço e reconhecimento.

Este conteúdo foi transcrito de gravações facultadas por Rui Gabriel.

2 thoughts on “O Funil de Marketing”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.