“A mente não é uma vasilha para ser enchida, mas um fogo para ser acendido.” – Plutarco

Quando lês um livro, assistes a uma aula, uma conferência ou ouves áudios não estás a encher a tua mente com informações. Desde que és aluno neste mundo que tens em ti mesmo todas as sementes de conhecimento de que precisas e a tua vida inteira mais não é que um acender de fogueiras prontas e preparadas desde sempre.

Um livro é um fósforo que incendeia o teu cérebro, uma conferência, um conselho, uma experiência, são lições que primeiro iluminam e depois inflamam tudo à sua volta aí dentro da tua alma. Não penses que, estudando ou vivendo, estás a adquirir mais conhecimentos, não. Estás, isso sim, a fazer explodir o teu potêncial adormecido.

Duvídas que assim seja? Não faz mal. Pensa somente que tu lês um determinado post num blog e isso muda a tua vida para sempre, mas não fez a menor diferença em outras centenas ou milhares de leitores. Ouviste uma música, assististe a uma conferência, uma aula, uma conversa, e isso mudou-te o chip mental, incendiou uma parte adormecida da tua mente. Contudo, a mesma música, conferência, aula ou conversa não provocou qualquer efeito em 99% das pessoas à tua volta. Porquê? Porque o incêndio não está no fósforo mas na lenha.

Eu, se fosse a ti, não me cansaria de procurar os fósforos adequados para à minha lenha não vá eu andar frio e apagado enquanto guardo cá dentro tanto fogo por acender.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.