“Não poderão interpretar as grandes músicas, a não ser que já tenham tido o coração partido.” – Gaspar Cassadó

Este violoncelista e compositor catalão sabia o que sabem todos os grandes mestres: o que não fizeste não poderás ensinar, o que não amas não poderás partilhar.

Não fiques muito preocupado ou preocupada porque não tens ainda o que gostarias: a saúde, o dinheiro, o tempo, a realização pessoal e profissional.

Não te preocupes porque as tuas experiências presentes não são como as que gostarias de ter. Não te preocupes.

Se tu fores honesto, trabalhares muito, deres o máximo de ti, acreditares no futuro, aproveitares todas as oportunidades, as tuas amarguras não são mais que degraus para a grandeza.

Contudo deixo-te um aviso: Nem todas as amarguras te levam à grandeza.

Somente aquelas que advêm do teu trabalho esforçado, empenho abnegado.É que os pesadelos que tens por não fazeres nada, por deixares escapar a vida
entre os dedos, e as oportunidades quando a vida tas proporciona, esses pesadelos são infrutíferos e arrasadores.

Foge deles, meu amigo. Escolhe antes pagar o preço da acção em vez do preço da inércia.

One thought on “O Preço da Inércia”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.