“Os desafios são os instrumentos de Deus para nos realizar os sonhos.”

Um dia lancei um desejo, era mais um sonho impossível que um desejo, mas lancei-o mesmo assim. Sem plano, sem estratégia, sem sequer uma pista acerca de por onde iniciar nem o que fazer, nada mais me restava que sonhar acordado. Eu sabia perfeitamente bem o “Quê”, o que eu queria, e sabia melhor ainda o “Porquê”, porque o queria, mas não tinha ideia nenhuma acerca do “Como”, nem do “Quando”.

Um dia surgiu uma oportunidade. Parecia ser exactamente a resposta ao meu desejo. Mas verificando as minhas possibilidades e competências, decidi que aquilo não era para mim seguramente. Nunca eu poderia ter aquilo.

Foi então que começaram a acontecer coisas estranhas.

Em cada segundo a oportunidade me saltava à vista, coisas nitidamente começaram a acontecer, coisas que eu não controlava. Foi aí que eu entendi que eu estava a ser posto à prova. Não somente eu mas toda a gente ao meu redor. Deus não me estava a dar o sonho, mas um desafio. Um desafio que iria provar se eu estava ou não preparado para receber a realização do meu sonho.

Tive uma percepção claríssima disto. Eu sabia sem sombra de dúvida que o desafio era tão grande porque o sonho era igualmente enorme.

  • aprendi Humildade pedindo e aceitando ajuda,
  • aprendi Confiança lidando durante meses com a incerteza,
  • aprendi Resistência, Endurance, a não desistir apesar das evidências,
  • aprendi a agir no agora, exactamente como se o sonho estivesse já concretizado,
  • aprendi também a ler os acontecimentos de uma forma nova,
  • aprendi a frase de hoje que jamais deixará de marcar o meu rumo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.