“A escultura já está no mármore, eu só retiro o que está a mais.” – Miguel Ângelo

Seria fantástico que tu soubesses a obra de arte que tu já és.

Encontrar a tua essência fabulosa requer trabalho de artista, dedicação, criatividade, técnica, tentativa e erro, aprendizagem, desilusão e esperança.

O interessante é que não tens de esperar pelo resultado final para colheres os frutos do teu trabalho: à medida que vais revelando o que és realmente, coisas começam a acontecer…

Torna-te no que já és.

Its-up-to-you-to-be-who-you-want-to-be

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.