“Se estiverem cinco sapos na beira de um charco e um deles tomar a decisão de saltar para a água, quantos sapos ficam na beira do charco? Cinco.” – Jeff Olson

Podes perguntar como funciona a matemática dos batráquios e porque é que  aparentemente dá resultados diferentes da matemática os humanos. Não dá, os resultados são os mesmos.

É que o quinto sapo, o que tomou a decisão de saltar, decidiu mas não saltou.

Qual a diferença entre o sapo que tomou a decisão e não saltou e os quatro que não decidiram coisa nenhuma?

  • Por um lado, os quatro que não decidiram nada, ficaram em modo “default”, em inércia, o que é pior do que terem tomado a decisão de ficar na mesma porque assim não foi uma decisão ponderada nem consciente.
  • Por outro lado, o quinto sapo, vai ser mais infeliz que os outros porque, tendo um sonho e uma decisão, não agiu, e essa falta de acção vai trazer mágoa, desculpite, amargura e desconfiança para sempre no futuro. Ele nunca irá saber o que teria acontecido com a sua vida se ele tivesse agido de acordo com a sua decisão.

Se te pudesse dizer alguma coisa em relação aos sapos dir-te-ia o seguinte:

Decide ficar na mesma ou decide mudar, mas toma uma decisão. “A indecisão é a maior ladra de oportunidades“. Mas depois age em conformidade. Rapidamente, com energia e paixão.

Se decidires saltar, não te deixes manietar pelos 4 sapos que não decidiram coisa nenhuma e deixaram a inércia decidir por eles. Eles terão os seus preços a pagar, mas o teu será maior se, vendo, agires como se não visses e tendo tomado uma decisão, actues como se não tivesses decidido coisa nenhuma.

3 thoughts on “Sem Decisão Não Há Acção, e Sem Acção Não Há Nada”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.