“A astúcia tem muitos vestidos; a verdade gosta de andar nua.” – Thomas Fuller

Quando chegas a conclusões simples, são normalmente verdadeiras; soluções simples, duradouras; palavras simples, compreensíveis e vida simples, plena.

Uma das coisas mais difíceis para mim é desligar o “complicómetro”, aquele microchip mental que procura sempre o caminho mais longo e as soluções mais complicadas. Faz parte do meu treino diário a instalação e uso do “descomplicómetro”, mas devo reconhecer que ainda há muito anti-virus por correr.

Um exemplo: vou fazer duas apostas contigo e vou ganhar.

Eu aposto contigo que tu queres ganhar mais dinheiro no mês que vem do que aquele que ganhaste este mês. Acertei?

E também aposto que não estás a fazer nada para isso acontecer. Voltei a acertar, não foi?

Claro que sim. E sabes porquê?

Porque em todos os problemas que se nos deparam nós raramente vemos a solução óbvia, verdadeira à nossa frente.

Pensamos que tem de ser difícil, se fosse fácil muitos outros já o teriam feito, temos de ser mais espertalhões que os outros, temos de dar uma certa impressão e ter uma determinada postura.

A verdade é que precisamos somente de ter ideias claras acerca do que queremos e agir em conformidade, direitos ao objectivo, sem desculpas, adiamentos, análises e re-análises.

A verdade vai nua. Claro como água.

Projecta, aprende e faz, sem rodeios.

Isto serve para todos os aspectos da tua vida: a tua carreira, amor, dinheiro, relacionamentos, realização pessoal, etc.

Voltando à nossa aposta de antes. Ainda queres ganhar mais dinheiro no mês que vem? E sabes o que tens de fazer?

Para um olho desperto e uma mente limpa não há falta de oportunidades.

Olha bem à tua volta e começa hoje.

Eu gostaria de perder esta aposta em teu favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.