Este conteúdo foi transcrito da gravação do workshop ao vivo facultado em 5 de Novembro de 2011 por Rui Gabriel.

O 7º vírus é o egocentrismo. O egocentrismo é uma estirpe que tem várias mutações, no futuro falarei de uma outra mutaçao do egocentristo.

O egocentrismo está muito ligada aos uplines. Uplines são as pessoas que têm a organização e que têm downlines. Uma pessoa nova raramente sofre deste vírus. Não quer dizer que não possam sofrer, mas é bastante mais raro.

untitled1O que fazem os uplines? Uma coisa típica dos uplines, dos patrocinadores, é que, quando começam a ter sucesso contraem este vírus. Já vi isto acontecer muitas vezes. É horrível.  E o que diz o upline? Diz: “eu é que tenho os resultados, eu é que tenho o cheque, eu é que sei”. Não sei se alguma vez ouviram isto, eu já, mas graças a Deus não foi do meu patrocinador. Então “eu é que sei porque eu é que tenho o cheque” e se eu tentar dar uma opinião, porque posso ter uma opinião diferente daquela, ninguém ouve porque não tenho o cheque e quem tem o cheque é que sabe.

Então isto é que é o vírus do egocentrismo, anda tudo á volta daquela pessoa, daquele upline que tem sucesso. Este, para mim, não é muito grave e, pessoalmente, ultrapassa-se com facilidade. E o que aquele upline pensa é “todos servem para me servir”. Isto é dificil para mim entender.

Como é que se tem sucesso pensando daquela maneira, consistentemente? Eu trago muitas pessoas para o negócio porque quero ter um grande cheque e ganhar muito dinheiro, não é para os ajudar a eles ou resolver os problemas deles, nada disso. É para eu ganhar dinheiro, para a minha organização, para ter uma organização grande e um cheque grande. Ouves muito quando falas que trabalhas em marketing de rede “já tens muitas pessoas a trabalhar para ti?” e isto só diz que é comum pensarem que os nossos downlines trabalham para nós, que passando um tempo nós não fazemos nada e os nossos downlines é que fazem tudo. Não. Isto é o egocentrismo, nós estamos a olhar para o nosso proprio umbigo e digo-vos que este vírus pode dar cabo do seu negócio. Pode demorar 1 ano, 2, 3, 4, 5, mas quando pensam que estam a atingir independência financeira, vocês estão na ruína.

Porque este vírus do egocentrismo tem um lado muito negativo que é, no marketing de rede,

os downlines têm tendência a imitar o upline, copiam o que fazemos, as nossas atitudes, a nossa mentalidade e nós não queremos ter uma organização de egocentricos.

Isso é o que você não quer e, se é mesmo o que não quer, você tem de ser o primeiro a matar este vírus.

E qual é a vacina? A generosidade. E isto significa, primeiro que tudo, é ser ensinável. Respeitar o trabalho que os nossos uplines fazem connosco, que os nossos downlines estão a fazer e aprender uns com os outros. Isto é ser ensinável. E ao agradecer aquilo que nos dão estamos a ser tão generosos como quando damos coisas porque estamos a permitir que a pessoa dê.

Então a generosidade não é só dar, é servir os downlines, ou seja, é trabalhar para eles porque, se os ajudar a eles, obviamente o meu negócio vai crescer. Mas o meu foco não pode ser o meu umbigo, tem de ser as necessidades dos downlines e da minha organização.

Isso é ser generoso, dar,  ajudar, apoiar.

Mas tambem é deixar-se ajudar, deixar-se ensinar e deixar-se apoiar principalmente quando é por um downline. Uma das coisas que me dá maior prazer é pedir ajuda a alguém da minha organização para me ajudar ou ensinar alguma coisa. Eu sei que isso também faz parte do meu trabalho, o ser generoso e deixar que outros sejam generosos comigo. É a forma de dominarmos este virus do egocentrismo e cria ligações fortíssimas numa organização do marketing de rede e faz com que você atinja os seus objectivos a longo prazo. Você cria uma organização que nunca mais acaba porque, como disse à pouco, os seus downlines copiam o que você faz.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.