Este conteúdo foi transcrito da gravação do workshop ao vivo facultado em 5 de Novembro de 2011 por Rui Gabriel.

Passando para o 9º vírus, o do desperdício.

Este desperdício refere-se a:

  1. Desperdício de tempo, energia e dinheiro.
  2. Falta de organização – bagunça
  3. Hábitos nefastos.

Tudo isto é desperdício. Estamos a desperdiçar tempo, energia e dinheiro com falta de organização e com hábitos nefastos. Quando estamos a falar de uma oportunidade financeira estamos a falar de dinheiro e de economia. Nós não podemos gastar mais dinheiro no nosso negócio do que aquele que nós ganhamos. Não há nenhum negócio em nenhum país do Mundo que sobreviva muito tempo assim, a não ser o estado Português que tem um défice como a gente sabe. Mas pronto, acabamos nós por pagar esse dinheiro. Mas, no nosso negócio, o Estado não vem cá pagar o nosso negócio, temos de ser nós a pagar. Então temos de ter os pés muito assentes na terra relativamente aos nossos recursos.

E os nossos recursos são o nosso tempo, a nossa energia e o nosso dinheiro. Energia no sentido de actividade. E é isto que temos de pôr ao serviço daquilo que queremos atingir. E se repararem, é muito, muito fácil perdermos o nosso tempo, energia e dinheiro.

tempo-c3a9-dinheiro

Vou vos dar um exemplo: eu vou ao facebook ver o que os meus amigos andaram a fazer, ver quem me adicionou, vou promover o meu link do meu site. Então trabalho 5 ou 10min por dia no facebook só para tratar das coisas. E depois vejo quinhentos milhões de pessoas no farmville. Eu não tenho nada contra o farmville, pelo contrário, também jogava e tive de parar porque achei tão interessante que comecei a achar que estava a desperdiçar muito tempo com ele. Estou apenas a constatar o tempo e a energia passados no farmville, porque vejo algumas pessoas, algumas delas com quem eu falei sobre uma nova oportunidade e me disseram que não tinham tempo, têm uma entrada no farmville as 10:33 da manhã, outra as 10:50, outra ás 11:10, outra as 11:30 e por aí fora, e ao longo do dia esta pessoa passou este tempo todo no farmville que acumulado dá 3h. Eu acredito que é muito fácil passar 3h no farmville, ainda mais é divertido, mas a questão é: o que é que nós queremos fazer com a nossa vida? Quero ser profissional de farmvile ou quero ser profissional de marketing de rede? Tenho de escolher. Tudo depende das nossas prioridades.

Este é um bom exemplo de onde nós gastamos tempo e energia. Há muitos outros mas este é um exemplo familiar para mim.

Relativamente ao dinheiro é a mesma coisa: “ah, eu não tenho dinheiro para iniciar um negócio de rede ou para fazer o consumo mínimo mensal” mas sai ao fim-de-semana à noite, para uns copos com os amigos. E não há problema nenhum. É uma opção. Não que seja para servir de exemplo para ninguém mas, eu pessoalmente não vou gastar dinheiro em petiscos e bebidas e jantaradas ou o que for, sem fazer o meu consumo mínimo primeiro no meu marketing de rede, nem antes de comprar os meus contactos e a minha publicidade. Porque aí é que está o meu negócio. O dinheiro pode não chegar para nada, mas para isso tem de chegar. Não posso desperdiçar um cêntimo. Todo o dinheiro que posso arranjar é para ir para o negócio porque eu já fui pobre, portanto sei o que é. E não quero que isso volte a acontecer.

Quando temos ideias claras de como queremos organizar as nossas coisas, os nossos resultados mudam num instante.

Então o desperdício é um dos vírus grandes.

Agora como combatemos este vírus? Com a disciplina. A disciplina é uma daquelas coisas que é difícil dizer a alguém que é desorganizado por natureza. Eu sou desorganizado por natureza, portanto estou á vontade para falar acerca disto. Até me arrepio quando vejo esta palavra escrita.

Disciplina.

Então tenho feito tudo para me organizar, manter a minha agenda e seguir a agenda, que para mim foi um salto grande, mas tive de o fazer.

Há alguns pontos a seguir que ajudam a desenvolver a auto-disciplina.

  1. Manter e executar uma lista de tarefas diárias. Eu odeio listas. Quem me conhece sabe, eu fico nervoso quando tenho mais do que 4 coisas numa lista para fazer ao mesmo tempo mas foi um passo que tive de tomar porque é uma coisa que nos ajuda imenso a organizar as ideias;
  2. Manter as “sanguessugas” a uma distância de cortesia. As “sanguessugas” são aquelas pessoas desocupadas que vos chateiam todo o dia. Por, telefone, sms, msn, facebook, skype, seja o que for. Essas pessoas são pessoas de circunstância. São pessoas que não têm nada para fazer sem ser conversa sem consequência. Essas pessoas “alimentam-se” da nossa energia. Mas nós temos outras coisas para fazer com essa energia que não usá-la com estas pessoas. Então temos de fazer o exercício de manter estas “sanguessugas” a uma distância de cortesia. Não é tratar mal mas manter uma distância suficiente para não interferir demasiado no nosso calendário.
  3. Aprender a viver, a cada mês com menos dinheiro, só para ver onde está a desperdiçar. Aqui está um exercício bom em relação à gestão de dinheiro. Isto é só para você poder reparar em pontinhos pequeninos onde você pode poupar algum dinheiro. Coisinhas pequeninas que você não estava habituado a pensar e que se for a ver pensa “ah, se calhar até passo bem sem isto”. E nesse dia não compra, ou não faz. E no dia seguinte avalia outra coisa e não compra. E todos os meses você habitua-se a gastar menos dinheiro consigo e vai ver a quantidade de dinheiro que lançamos à rua sem necessidade nenhuma. É impressionante. Esta disciplina, para além de nos ajudar a poupar dinheiro, mostra-nos claramente que a maior parte do nosso dinheiro vai para coisas que não têm importância. E de repente ficamos com dinheiro para pagar coisas que achamos importantes. É fácil de ver que com esta disciplina pequenina podemos ter resultados que nunca podíamos imaginar.
  4. Substituir hábitos nefastos por outros positivos. Com hábitos nefastos quero dizer o consumo de álcool em excesso, tabaco, a falta de exercício, todos estes hábitos. Substitua estes hábitos por outros hábitos positivos. Em vez de fazer uma coisa de uma maneira, vá fazer outra e assim, devagarinho, você substitui esses hábitos.

Assim conseguimos vencer o vírus do desperdício.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.